http://www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2018/04/Operacao-Impactus-Policia-6-1200x400.jpg
Segurança

20% das cidades acreanas não registram homicídios há 120 dias

Sandro de Brito
11.06.2018 13:18
Atualizado 18.06.2018 às 17:47

A Segurança Pública do Acre divulgou nesta semana que cinco cidades não registram nenhum homicídio há pelo menos 120 dias. São elas: Epitaciolândia, Manoel Urbano, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Santa Rosa do Purus. Os registros de casos são monitorados 24 horas pela Divisão de Inteligência e pelo Setor de Análise Criminal e Estatística.

O dado divulgado cita ainda outras cinco cidades que registraram apenas um caso de crimes contra a vida: Assis Brasil, Acrelândia, Jordão, Mâncio Lima e Xapuri. Conforme a Análise Criminal, os primeiros 110 dias de 2018 comparados ao mesmo período de 2017 apresentam uma redução de 16% dos casos de homicídios em todos os municípios do Acre.

Em 2017, foram contabilizados 213 óbitos, entre janeiro e 9 de junho. Já neste ano, comparando o mesmo período, foram 178, totalizando 35 homicídios a menos na comparação dos dois períodos.

“Temos experimentado números em queda neste ano de 2018, mas não estamos satisfeitos, pois queremos uma redução ainda mais significativa. Nosso trabalho é diuturno nas ruas. Várias ações estão sendo desencadeadas, como, por exemplo, a Operação Impactus, da Polícia Civil, e a operação integrada com todas as forças de segurança do Estado, incluindo o Exército Brasileiro. A Operação Cidade Segura está nas ruas da capital realizando blitze e abordagens seguindo planejamento estratégico de combate à criminalidade da Secretaria de Segurança Pública”, disse o secretário Vanderlei Thomas.

Segundo o secretário, os números são positivos, mas norteiam as polícias para um enfrentamento mais específico onde ainda há maior incidência de homicídios, como a capital e Cruzeiro do Sul, por exemplo.

Trabalho integrado

Visando promover cada vez mais uma cultura de paz, o governo do Estado tem se empenhado na promoção da segurança na capital e no interior. As polícias Militar e Civil têm se desdobrado para obter melhores resultados no enfrentamento à criminalidade, o que tem refletido de forma positiva nos índices.

Leia também: Acre reduz número de homicídios

Mais notícias