http://www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2018/04/20170911_143041-1800x1478-1200x400.jpg
Educação

Academia Juvenil Acreana de Letras investe em Programa de Promoção à Literatura

Thais Farias
14.04.2018 15:25
Atualizado 16.04.2018 às 11:16

Membros da Academia Juvenil Acreana de Letras (AJAL) (Foto: Arquivo/SEE)

Um projeto que vai beneficiar estudantes da rede pública do Acre acaba de ser aprovado pelo governo federal, por meio do Ministério da Cultura. Trata-se do Programa Juvenil de Promoção à Literatura, elaborado pela Academia Juvenil Acreana de Letras (AJAL) e que, com a assinatura do convênio no valor de R$ 110.500, estará apto a ser executado a partir de 2019.

Agora, jovens escritores que jamais imaginavam ter seus textos literários publicados em uma coletânea poderão sonhar com essa realização.  Segundo o presidente da AJAL, Jackson Viana, o convênio vai permitir a publicação de um total de 12 obras. “Entre elas, estarão sete antologias e duas revistas literárias, como também três volumes de livretos institucionais da AJAL”, destaca Viana.

Para a instituição, a conquista é um sonho a ser realizado, no qual será possível impulsionar o trabalho autoral das crianças e adolescentes do estado. “Executar esse projeto está nos nossos planos há algum tempo. Faremos a publicação de sete coletâneas contendo textos escritos pelos alunos da rede, que serão recolhidos por meio de processo seletivo que devemos organizar em breve”, afirma o presidente da AJAL.

O recurso para a implementação do programa foi garantido por meio de emenda parlamentar destinada no ano de 2016, pelo deputado federal Moisés Diniz (PCdoB). A responsabilidade de gerenciar o projeto ficou por conta da Fundação de Cultura e Comunicação Elias Mansour (FEM).

A AJAL trabalhou junto à FEM na construção do projeto para encaminhar ao Ministério da Educação (MEC). Após a destinação da emenda parlamentar, o projeto passou por uma série de parâmetros para só então ser aprovado. “Quando soubemos que o projeto havia sido aprovado foi realmente uma alegria, porque essas publicações vão permitir que mostremos o nosso trabalho, e, em primeiro lugar, a publicação de jovens que jamais imaginavam ter a oportunidade de publicar qualquer texto literário em uma coletânea”, comemora Viana.

Presidente da AJAL, Jackson Viana (Foto: Arquivo/SEE)

Em março, a AJAL realizou oficinas de Criação de Poemas, ministrada pelo presidente da academia. O trabalho faz parte do projeto Literatura Clássica nas Escolas Públicas, aprovado na 4ª etapa do Edital de Pequenos Apoios, da Fundação Garibaldi Brasil.

“A expectativa é que consigamos publicar muitos textos, considerando o número de obras e as especificações de cada uma. A ideia agora é trabalhar para atrair mais jovens autores para a AJAL e, assim, mais publicações”, salienta Jackson Viana, que frisa aos estudantes interessados no projeto para que procurem a sede da AJAL, em Rio Branco.

AJAL

A Academia Juvenil Acreana de Letras (AJAL) é um espaço para a promoção de cultura e atividades literárias. Idealizada pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação e Esporte (SEE), mantém sua sede em funcionamento no primeiro andar do Centro de Referência em Inovações para Educação (Crie), no antigo Mira Shopping, em Rio Branco.

A iniciativa faz parte da política de inclusão cultural da administração do governador Tião Viana, sendo uma forma de valorizar a literatura local, sobretudo depois da criação da AJAL. Pelo menos 40 cadeiras são ocupadas pelos novos membros da AJAL, oferecendo uma atenção especial para os talentos infanto-juvenis.

Mais notícias