http://www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2018/02/Dia-09-11.02h-09-de-setembro-de-2017-072-1000x400.jpg
Meio Ambiente

Acre é roteiro para observadores de aves

Marcelo Torres
10.02.2018 13:00
Atualizado 12.02.2018 às 11:33

Você adora ouvir o canto dos passarinhos de manhã? Passa o tempo tentando descobrir para onde as aves vão quando a noite cai? Pois esse tipo de curiosidade pode fazer de você um observador de aves. Com uma grande biodiversidade e com 46% de toda sua extensão territorial protegida por lei, o Acre atrai adeptos dessa prática de observar pássaros em contato com a natureza.

Observadora de aves registra diversas espécie na Serra do Divisor (Fotos: Silvia Faustino Linhares/Arquivo Pessoal)

Essa prática vem sendo realizada desde 2015 no Estado, devido a uma peculiaridade: aqui são encontradas espécies que só existem nesta região da Amazônia, entre a Bolívia e o Peru, e na área brasileira situada dentro do território acreano. Durante essas expedições, os pesquisadores descobriram uma espécie nova, batizada de “choca-do-acre”.

A choca-do-acre – espécie descoberta na região e descrita para a ciência somente em 2004 – é encontrada apenas na região da Serra do Divisor, na fronteira do Brasil com o Peru. A última expedição foi em outubro do ano passado, quando reuniu um grupo de oito pessoas no Vale do Juruá.

“Os observadores destacam que atualmente o Brasil possui cerca de 1.900 espécies catalogadas, das quais mais de 700 estão no Acre”, destacou um dos gestores da unidade de conservação da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), o biólogo Ricardo Plácido.

Ele explica ainda que a vasta biodiversidade, envolvendo flora e fauna, faz com que  o estado atraia um público que gosta de estar em contato com a natureza, aproveitando o ecossistema. Prova disso é que uma das observadoras ficou tão encantada com a experiência que resolveu criar um calendário com as fotografias das aves que ela mesma registrou.

Blogueira cria calendário com fotos feitas na Serra do Divisor, no Vale do Juruá, como forma de reconhecimento pela receptividade (Foto: Andréa Zílio)

Silvia Faustino Linhares, observadora de aves, fotógrafa e blogueira, já participou de duas excursões, tendo feito mais de 11 mil fotos e um registro de sua expedição no Acre contando suas aventuras e divulgando as riquezas naturais do estado em seu blog. Para homenagear o Acre, a observadora criou um calendário com algumas fotos de sua autoria.

Ricardo Plácido, que mantém contato direto com os expedicionários, recebeu os calendários e fez a distribuição em diversos setores públicos de Rio Branco. “Recebi com muita alegria este material, pois é um singelo reconhecimento das riquezas naturais que a observadora Silvia Faustino fez em homenagem ao nosso estado”, declarou.

Acre é um dos roteiros de pessoas adeptas da observação e captura de imagens de diversas aves (Foto: Silvia Faustino Linhares/Arquivo Pessoal)

Plácido diz ainda que o Acre está no roteiro nacional de observação de pássaros, com perspectivas de atrair o público internacional dessa modalidade. “Já estamos estudando para futuramente capacitar guias comunitários, moradores das próprias reservas, para receber esse turismo.”

Leia também: Escadas de acesso a plataformas de observação de aves são instaladas no Parque Chandless

Mais notícias