Cultura

Acre sediará a Segunda Conferência Internacional da Ayahuasca

Arison Jardim
02.05.2016 11:55

Apresentando toda a diversidade da cultura ayahuasqueira na Amazônia e no mundo, a Segunda Conferência Internacional da Ayahuasca (Aya 2016) chega ao Acre entre os dias 17 e 22 de outubro deste ano, na Universidade Federal do Acre (Ufac).

Dois anos após a primeira conferência, em Ibiza (Espanha), o Centro Internacional para Educação, Pesquisa e Serviço em Etnobotânica (Iceers, na sigla em inglês) reúne no estado a comunidade internacional interessada na ayahuasca (bebida com o espírito de diálogo e intercâmbio de conhecimentos e experiências).

Encontro entre os organizadores do evento, Oscar Péres e Rafael Guimarães, e a secretaria de Comunicação Andréa Zílio e o assessor Indigena, Zézinho Yube, acertou detalhes da parceria (Foto: Arison Jardim/Secom)

Encontro entre os organizadores do evento, Òscar Perés e Rafael Guimarães, e a secretária de Estado de Comunicação, Andréa Zílio, além do assessor Indígena Zezinho Yube, acertou detalhes da parceria (Foto: Arison Jardim/Secom)

Serão 35 palestrantes da Europa, Estados Unidos e Brasil, além de líderes espirituais indígenas do Equador e Colômbia.

O evento reúne um público diversificado – por exemplo, em 2014 foram mais de 50 países representados, trocando conhecimentos, lições e aprendizagens.

“A conferência vai discutir os aspectos dos vários usos da ayahuasca, desde a extração das plantas da floresta, passando pela parte cultural das linhas religiosas e grupos indígenas, até a parte da ciência, com a farmacologia, a antropologia, o meio ambiente e a sociologia. O Acre é um berço importantíssimo da cultura da ayahuasca. Realizando este evento aqui, queremos honrar essas culturas”, explica Rafael Guimarães Santos, assessor científico da Aya.

Durante os três dias, serão exibidos materiais audiovisuais, apresentações musicais, mostra de arte e cultura indígena e diferentes vivências e formatos de interação. Os idiomas da conferência serão o português, o espanhol e o inglês e haverá tradução simultânea disponível no auditório principal. O evento conta com apoio do governo do Estado, por meio da Fundação Elias Mansour, Assessoria Indígena e Secretaria de Comunicação.

“Estamos falando de um grande evento que o Acre vai sediar, e o mais importante é que o estado é berço dessa história. O governo com toda certeza vai apoiar no que for possível, cumprindo com o compromisso e respeito do governador Tião Viana a cultura da ayahuasca. Nós, da Secom e Rede Aldeia, vamos auxiliar na divulgação e informações do evento”, informa Andréa Zílio, titular da pasta de Comunicação.

A comunidade universitária tem até o dia 15 deste mês, para envio de propostas de trabalhos à conferência. Os interessados devem acessar a página do evento (http://www.ayaconference.com/), clicar na barra “Call for Abstracts” e preencher os campos apresentados.

Os trabalhos poderão integrar duas categorias: “Acadêmica”, da qual participam pessoas ou grupos de pesquisa vinculados ao segmento acadêmico-científico, e “Comunidade”, para todos os demais interessados.

Mais notícias