http://www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2017/12/DSC_0895-1-1200x400.jpg
Produção

Acre vacina mais de três milhões de bovinos em segunda fase da campanha contra aftosa

Maria Meirelles
21.12.2017 8:24
Atualizado 21.12.2017 às 15:06

Livre da febre aftosa há 17 anos e há 12 com reconhecimento internacional da Organização Mundial da Saúde Animal, o Acre celebra mais uma vez os resultados da campanha de vacinação.

Nessa segunda etapa, realizada em novembro, o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf) aponta que, mais uma vez, o estado superou a média de cobertura vacinal proposta às regiões pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), de 95%, alcançando a marca de 98,97% de rebanho vacinado.

Logística de vacinação no Acre apresenta muitos desafios, devido à predominância de localidades de difícil acesso (Foto: Arison Jardim/Secom)

O destaque vai para o total de bovinos vacinados, que foi de 3,09 milhões de animais. O governo do Estado mantém números crescentes em razão dos investimentos na política de defesa animal.

Com um rebanho estimado em mais de três milhões de animais, a logística de vacinação no Acre apresenta muitos desafios, devido à predominância de localidades de difícil acesso.

“Mais uma vez conseguimos nosso objetivo, e pela primeira vez vacinamos mais de três milhões de animais em todo o Acre, o que para a gente é uma grande conquista”, salientou o diretor-presidente do Idaf, Ronaldo Queiróz.

Avanços

Dividida em duas etapas, a campanha de vacinação contra aftosa é obrigatória. Dos produtores da região de fronteira é exigida a imunização de todo o rebanho em ambas as fases.

A novidade para 2018 é que, a partir de maio, a etapa de vacinação compulsória no Acre será para animais de até dois anos de idade.

Mais notícias