Artesanato acreano movimentou cerca de R$ 1,5 milhão em 2016

10.01.2017 10:25 Por Rayele Oliveira
Tags:acre, artesanato acreano, economia

Loja de artesanato completou um ano de funcionamento e movimentou a economia (Foto: Angela Peres/Secom)

O balanço apresentado pela Coordenação do Artesanato Acreano, vinculada à Secretaria de Estado de Pequenos Negócios (SEPN), denota a relevância do setor para a movimentação da economia no Acre.

Os dados conferem o total de R$ 1.548.106,25 circulado no estado com a venda de peças artesanais. Foram investidos diretamente no segmento mais de R$ 210 mil, entre recursos próprios do estado e convênios com o Sebrae.

Em 2016, o artesanato acreano participou de quatro feiras nacionais, entre elas a Feira Brasil Original, em São Paulo, onde foi campeão de vendas. Também esteve em cinco edições da feira de artesanato realizadas no Via Verde Shopping.

Vale destacar que os valores injetados na economia acreana também se devem a eventos realizados, como a Expoacre e a Conferência Mundial da Ayahuasca, que contou com uma exposição de artesanato.

O apoio do Sebrae e do gabinete da primeira-dama Marlúcia Cândida foi fundamental para o sucesso de vendas da loja de artesanato Acre Made in Amazônia, que completou um ano de funcionamento em dezembro, no shopping.

O ano também foi de premiação. Quatro artesãos receberam no fim de 2016 o Prêmio Top 100 Sebrae, no Rio de Janeiro. Na oportunidade, comercializaram mais de R$ 100 mil durante rodadas de negócios. O artesanato segue fortalecendo, inclusive, a iniciativa de feiras regionais de economia solidária no estado.

A expectativa da Secretaria de Pequenos Negócios é de chegar aos três mil artesãos no sistema, entre novos cadastros e recadastramentos em 2017.