Cidades do Acre

Em Brasília, Nazareth Araújo destaca avanços do Primeira Infância Acreana

Diego Tenutti
18.05.2017 16:07

Nazareth Araújo falou sobre a fase de interiorização do PIA no estado (Foto: Tobias Melo/Vice-Governadoria)

A vice-governadora Nazareth Araújo tratou da implantação do programa Primeira Infância Acreana (PIA) no Ministério da Saúde, na manhã desta quinta-feira, 18, em Brasília. Ela apresentou os primeiros resultados do PIA, que foi iniciado em Rio Branco e a partir deste mês é levado a outras nove prefeituras acreanas.

O objetivo do PIA é melhorar as condições de vida das crianças de zero a seis anos de idade e oferecer melhores oportunidades de desenvolvimento. O programa tem como fundamento, entre outros fatores, pesquisas que demonstram que estímulos feitos nessa faixa etária resultam em adultos mais bem preparados para a vida.

Nos dez municípios, o PIA pretende abranger cerca de 50 mil crianças menores de seis anos, contabilizando mais de 40 mil mães. Neste momento, o processo de implantação do programa está na fase de sensibilização e capacitação inicial dos gestores municipais e profissionais.

As equipes de execução do PIA são formadas por 162 trabalhadores da área de saúde da família e 791 agentes comunitários de saúde, além de 88 integrantes de grupos técnicos intersetoriais, das áreas de saúde, educação e assistência social, por exemplo.

A visitação domiciliar do programa está prevista para ser iniciada em julho deste ano. Os dez primeiros municípios a receber o programa são Assis Brasil, Brasileia, Jordão, Marechal Thaumaturgo, Porto Acre, Porto Walter, Rio Branco, Rodrigues Alves, Santa Rosa do Purus e Xapuri.

Mais notícias