Encontro de cooperação em La Paz encerra agenda do programa de gastronomia

17.02.2017 13:30 Por Rose Farias
Tags:CAF, Escola de Gastronomia, Restaurante Gustu

Chef Michelangelo Cestari apresenta o projeto do Restaurante Gustu (Foto: Rose Farias/Secom)

Para finalizar a agenda de prospecção de negócios e cooperação para o programa de gastronomia no Acre, a primeira-dama Marlúcia Cândida participou de reuniões na quarta-feira, 15, em La Paz, Bolívia.

A agenda teve início no último dia 13 e faz parte do incentivo ao programa de gastronomia do governo do Estado.

Pela manhã, o encontro foi com o chef Michelangelo Cestari. Juntamente com Kamilla Seidler, eleita melhor chef mulher da América Latina de 2016, Cestari administra o Restaurante Gustu, estabelecido em 2013, em La Paz.

O chef expôs ao grupo a filosofia do projeto Gustu, com um tour pelo restaurante. “Nossos produtos são exclusivamente bolivianos. Acreditamos  que a responsabilidade social deve ser empresarial. Oferecemos ferramentas e ambientes de trabalho adequados para encorajar os líderes, jovens e empreendedores do futuro. Não é assistencialismo, é a sustentabilidade”, explicou.

Marlúcia, acompanhada da secretária de Turismo Rachel Moreira e da diretora de gastronomia Patrycia Lopes Coelho, apresentou o projeto de gastronomia e um vídeo sobre os principais programas do governo do Estado.

“Importante criarmos esses espaços. Nossa intenção é a cooperação para consolidar o programa de gastronomia com um olhar na diversidade cultural, ambiental e social, envolvendo Peru, Bolívia e estados da Amazônia. Estivemos em Lima [Peru] com essa missão, e agora aqui visitando essas iniciativas maravilhosas”, disse.

O chef Cestari ficou impressionado com o conteúdo apresentado e ressaltou a importância da cooperação por meio da promoção da gastronomia.

“Incrível a diversidade dessa região tão perto da gente. E o que mais me motiva, por ser um cozinheiro, é o entusiasmo e a energia que o governo e o setor privado estão dedicando à gastronomia. Para mim é muito importante, pois tive problemas quando jovem e a gastronomia me levou aonde estou hoje. Governos como o de vocês, que apostam na  educação e emponderamento dos jovens, são a maior ferramenta para bons cidadãos.”

Cooperação financeira

Primeira-dama participa de reunião com Emíllio Uquillas, representante do CAF na Bolívia (Foto: Rose Farias/Secom)

Na parte da tarde, o encontro foi com o Emíllio Uquillas, representante do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) na Bolívia.

“A parceria com o CAF promoverá a comunicação entre os povos vizinhos no campo do desenvolvimento humano, cultural e socioambiental”, comentou a primeira-dama.

Uquillas falou do empenho do CAF em apoiar os programas com Brasil, Bolívia e Peru, por meio de projetos das áreas de produção, social, cultural e econômico.

“Os exemplos apresentados por vocês me encantam. É uma missão maravilhosa. O CAF pode ser o articulador para mobilizar o Peru e a Bolívia a fazerem parte de um movimento dessa natureza, que além de gastronômico tem um forte apelo econômico e de desenvolvimento humano”, comentou Uquillas.

O resultado das agendas é que em março virá ao Acre uma missão composta por representantes do CAF, ICCO, Restaurante Gustu e do projeto Manq’a para consolidar a prospecção de negócios e cooperação na área de gastronomia e economia.