http://www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2018/01/DSC_9977-1200x400.jpg
Saúde

Especialista de renome internacional palestra sobre envelhecimento e AVC

Leônidas Badaró
13.01.2018 9:30

Massaro é um dos especialistas brasileiros mais renomados em questão de neurologia vascular  (Foto: Alexandre Noronha/Secom)

Ayrton Roberto Massaro, pesquisador reconhecido e premiado internacionalmente – um dos mais respeitados pesquisadores do país na área de neurologia vascular -, palestrou em Rio Branco na noite de sexta-feira, 12.

Com o tema: envelhecimento e declínio cognitivo e AVC no Brasil, o membro da Academia Brasileira de Neurologia, compartilhou seus conhecimentos no auditório da Uninorte.

A governadora em exercício Nazareth Araújo prestigiou o evento, acompanhada do senador Jorge Viana, prefeito de Rio Branco Marcus Alexandre e representantes da Uninorte e Ufac, Nazareth classificou como um presente a oportunidade da palestra de tão conceituado pesquisador. “Queremos muito agradecer por ter aceitado o nosso convite e aqui nessa noite temos o privilégio de lhe ouvir. Precisamos discutir mais o envelhecimento e sua presença e seus conhecimentos são muito importantes”.

Governadora em exercício, Nazareth Araújo, agradeceu a vinda do pesquisador ao Acre (Foto: Alexandre Noronha/Secom)

Em um auditório com a presença de gestores, profissionais e estudantes de saúde, Massaro iniciou agradecendo ao governador Tião Viana pela ajuda enquanto Senador da República na implantação do programa de Acidente Vascular Cerebral (AVC) no Brasil. “Se hoje temos um programa de AVC no país é preciso reconhecer a importância da contribuição do Tião. Foi ele quem nos abriu diversas portas nos ministérios, quando tínhamos muita dificuldade de acesso. Aqui, de público, manifesto meu agradecimento”.

Doutor em neurologia pela Universidade de São Paulo (USP), Ayrton Massaro explicou que apesar dos avanços e o Brasil ter um dos melhores programas de AVC na América Latina, ainda é preciso avançar em novas técnicas e no processo de atendimento à todas as pessoas.

Outro foco da palestra foi o envelhecimento. O pesquisador enalteceu a necessidade de preparar as pessoas para envelhecer e destacou alguns fatores que contribuem de forma negativa ou positiva na qualidade de vida da pessoa idosa. “Hipertensão, por exemplo, se não for bem tratada prejudica a memória na fase idosa da vida. É preciso ter uma vida regrada quanto à alimentação e é importante a prática da atividade física”.

Giza Lopes, diretora de Atenção à Saúde da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre), destacou a importância da troca de experiências com profissionais premiados internacionalmente como é o caso do pesquisador Ayrton Massaro. “Essa rede que o governo construiu com profissionais que são referências em diversas áreas pelo país contribui para que possamos sempre tá trocando experiências e atualizando nossos conhecimentos que são extremamente importantes no campo da saúde”, destaca.

Mais notícias