Expoacre 2017

Expositores de Cruzeiro do Sul se preparam para a Expoacre

Lúcia do Vale
17.07.2017 14:05

O gestor da Secretaria de Desenvolvimento da Indústria, do Comércio e dos Serviços Sustentáveis (Sedens), Sibá Machado, e os representantes das cooperativas dos moveleiros, da farinha, do feijão, do biscoito e do polo naval se reuniram em Cruzeiro do Sul para tratar da participação desses setores na Expoacre, evento a ser realizado de 22 a 30 de julho, no Parque de Exposições Marechal Castelo Branco.

Da Feira de Negócios e Entretenimento do Acre, participarão dez representantes da cooperativa dos moveleiros, dois da Cooperfarinha, dois da Cooperbiscoito, dois Cooperfeijão e dois do Polo Naval.

Segundo Alcy Costa, gestor de políticas públicas da Sedens, um ônibus e um caminhão estarão disponíveis para os participantes, e dependendo do tanto de produtos poderão ser disponibilizados dois caminhões pela secretaria.

Para Sibá Machado, a feira é um momento importante para os expositores apresentarem seus produtos e fecharem grandes negócios. “Nesses dez anos a evolução do designer de móveis produzidos no polo moveleiro de Cruzeiro do Sul foi muito grande. O exemplo é o complexo turístico do Sesc, recém-inaugurado, onde parte do mobiliário e boa parte das portas foram produzidos por uma empresa cruzeirense.”

João Evangelista, presidente do Polo Moveleiro de Cruzeiro do Sul, afirmou que participar da Expoacre é muito importante para mostrar os lançamentos e aumentar o mercado de vendas, não só do setor moveleiro, mas de toda a cadeia produtiva do estado.

“Este ano os produtos que serão apresentados na feira têm madeira de qualidade superior e o designer totalmente diferente, para que as pessoas de Rio Branco gostem e comprem nossos produtos”, disse.

A farinha de Cruzeiro do Sul também estará sendo representada nessa feira, pela Cooperfarinha. “Nossa preocupação é a qualidade do produto, e nossos produtores têm se empenhado para atingir esse objetivo e fazer crescer nosso mercado”, afirmou Germano da Silva Gomes, presidente da Cooperfarinha.

João Maria, conhecido por Dandão, presidente do polo naval, disse: “Nossa expectativa é de apresentar na Expoacre os produtos produzidos aqui, como canoas, palhetas de motor e bajolas, com o objetivo de chamar a atenção para o nosso polo aval.

Mais notícias