http://www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2018/06/IMG-20180610-WA0004-1200x400.jpg
Segurança

Forças de segurança deflagram operação “Cidade Segura”

Sandro de Brito
10.06.2018 14:32
Atualizado 13.06.2018 às 15:12

Seguindo alinhamento da Secretaria de Segurança Pública do Acre (Sesp) forças de segurança do Estado deram início na noite de sábado, 9, à Operação “Cidade Segura” com objetivo de preservar a ordem e intensificar as ações policiais nos bairros da capital.

A operação foi coordenada pelo comandante geral da Polícia Militar, Coronel Marcos Kinpara e pelo secretário adjunto de Segurança Pública, Coronel Glayson Dantas, com ações investigativas e ostensivas de combate à criminalidade, que contaram com grande apoio do Exército Brasileiro na fiscalização das entradas e saídas das rodovias federais. 

Homens da Polícia Civil, do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), da Companhia de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (RAIO), Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA) e do Batalhão de Transito (BRTRAN) participaram da ação que teve início no centro da capital e se estendeu aos bairros Mocinha Magalhães, Rui Lino, Joafra, Universitário, Calafate, Portal da Amazônia e Laélia Alcântara.

Durante a operação foram realizadas mais de 250 abordagens a veículos e pessoas.

O efetivo das forças de segurança também implantou pontos de bloqueio nessas regiões, onde foram realizadas abordagens diversas no intuito de prevenir e combater delitos.

De acordo com o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Marcos Kinpara, essa operação não para e deve se estender ao longo do fim de semana.

“Estamos nas ruas promovendo a segurança pública, isso é uma determinação do governador Tião Viana numa demonstração clara de cuidar da população do nosso Estado”, disse Kinpara.

De acordo com o secretário adjunto de segurança pública, Cel. Glayson Dantas, as ações integradas buscam diminuir ainda mais os índices de violência.

“Acreditamos na força policial como forma de minimizar e reduzir cada vez mais os índices de criminalidade em nosso Estado. Estamos cumprindo determinação do governador e colocando em pratica nosso planejamento estratégico de combate a criminalidade”, finalizou Dantas.

Durante a operação foram abordados veiculos e pessoas (Foto: Ascom PMAC)

Redução no índice de homicídios

O número de homicídios no Acre segue apresentando redução, conforme dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública nesta semana. Em 2018, houve redução de 16% no número de mortes no Estado, entre janeiro e junho, enquanto na capital, a redução foi de 38% no mesmo período.

Cumprindo seu dever constitucional na busca de promover a cultura de paz em todo o Estado, o governo tem realizado, através das forças de segurança pública, ações preventivas e repressivas no combate à criminalidade.

Para se ter uma ideia, as forças policiais realizaram nos primeiros 110 dias de 2018, 1.400 (mil e quatrocentas) operações, numa demonstração clara do esforço do governo em frear o avanço do crime.

Trabalho integrado

(Foto: Secom)

Nos últimos meses, a mudança na dinâmica de policiamento ostensivo e as constantes operações coordenadas pela Segurança Pública, aliadas ao esforço de militares e civis, foram os principais fatores que possibilitaram essa redução.

Nos primeiros 110 dias do ano, as polícias Civil (PCAC) e Militar do Acre (PMAC) apreenderam 355 armas de fogo e mais de 430 quilos de entorpecentes. Os batalhões da PMAC realizaram 36.056 mil abordagens, e recuperou 238 veículos roubados ou furtados. Desde janeiro deste ano a inicio de junho, os militares, conduziram às delegacias, 1.772 pessoas e apreendeu 329 menores infratores.

Já a Polícia Civil deu cumprimento a 1.553 mandados de prisão e de busca e apreensão, entre janeiro e inicio de junho deste ano e em uma única operação, a Repatriar, apreendeu 48 veículos e bloqueou 43 contas bancárias, um golpe de mais de R$ 2 milhões ao crime organizado o que contribui para reduzir mais ainda os indicadores de violência.

Mais notícias