Governo avança no licenciamento para manejo em reservas do Alto Acre

17.02.2017 10:44 Por Samuel Bryan
Tags:complexo industrial florestal xapuri, licenciamento, manejo florestal

A ação é necessária para operacionalizar o Complexo Industrial Florestal Xapuri e vai beneficiar cem famílias só no entorno (Foto: Sergio Vale/Secom)

O governador Tião Viana se reuniu nesta quinta-feira, 16, com representantes da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), da Agência de Negócios do Acre (Anac) e da Cooperativa dos Produtores Florestais Comunitários (Cooperfloresta) para discutir o avanço do licenciamento para manejo florestal em reservas extrativistas do Alto Acre.

A ação se dá num momento crucial, pois apenas com o licenciamento será possível operacionalizar o Complexo Industrial Florestal Xapuri, que deve começar a funcionar a partir de abril, com capacidade de processar mais de 50 mil metros cúbicos de madeira por ano.

Segundo o secretário adjunto de Meio Ambiente, João Paulo Mastrangelo, o trabalho está sendo realizado em parceria com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e deve ser concretizado até maio.

“Com o projeto de licenciamento comunitário para o manejo pronto, serão beneficiadas cem famílias só no entorno da fábrica. Dependendo da demanda, o número pode ser bastante superior”, relata o secretário adjunto.

O governador Tião Viana irá para Brasília na próxima semana, onde deverá se encontrar com representantes de órgãos federais para tratar dessa pauta.