Governo

Governo do Acre realiza entrega de viaturas e aula inaugural do Bombeiro Mirim em Tarauacá

Assessoria SESP
19.05.2017 17:25

Tarauacá recebe aula inaugural do projeto Bombeiro Mirim (Foto: Marcelo Torres)

A cúpula da Secretaria de Segurança Pública do Acre percorre vários municípios da região do Purus para levar mais recursos às forças policiais e também plantando a semente da justiça no coração de centenas de adolescentes, por meio do Projeto Bombeiro Mirim.

Na manhã desta sexta-feira, 19, foi a vez de Tarauacá receber as ações do Estado. O secretário de Segurança Pública, Emylson Farias, fez a entrega de uma caminhonete para a Polícia Civil do município,  e posteriormente, o chefe da pasta discutiu com as forças de segurança sobre a Rádio Comunicação Digital, que está em fase de implantação em todos os municípios acreanos.

Tarauacá, a exemplo da capital e de outros municípios, também implementou o Projeto Bombeiro Mirim, desenvolvido pelo Corpo de Bombeiros Militar do Acre (CBMAC).

A aula inaugural ocorreu na Escola Dr. Djalma da Cunha, e contou com mais de 150 jovens.

“Para reduzir os indicadores de violência, um dos pontos primordiais é cuidar das crianças, que são o horizonte do Acre. É fazer com que estas crianças sejam abraçadas por valores, por princípios éticos, morais, e que estas possam abraçar outras crianças para que a gente não perca a nossa juventude para o mundo da criminalidade. Que possamos formar pessoas para conviver em harmonia na sociedade. É esse o espírito do Bombeiro Mirim”, pontuou Emylson Farias.

Mais de 150 adolescentes são contemplados com o projeto, que leva diretrizes de bom comportamento e afasta as crianças da criminalidade (Foto: Marcelo Torres)

O subcomandante do Corpo dos Bombeiros, coronel Carlos Batista, disse que o Projeto Bombeiro Mirim no Acre tem mais de 1.500 alunos, superando os estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais.

“O governo do Estado tem investido neste projeto e a tendência é dobrar este número nos próximos anos, pois o governo visa afastar os adolescentes da vulnerabilidade criminal”, ressaltou Carlos Batista.

Uma grande entusiasta do projeto é a professora Francisca Aragão, diretora da Escola Dr. Djalma da Cunha. Para a educadora, essa parceria entre a escola e o Bombeiro Mirim é fundamental para ensinar valores aos jovens. “Vocês sairão desta formação melhores do que entraram. Serão melhores alunos, melhores filhos e melhores cidadãos”, enfatizou Francisca.

Mais notícias