Economia

Governo e Agrocortex fecham parceria para apoiar artesãos

Samuel Bryan
12.07.2017 8:45

Tião Viana agradeceu o apoio dos empresários da Agrocortex no projeto de valorização do artesanato acreano (Foto: Sérgio Vale/Secom)

O governador Tião Viana assinou um termo de cooperação entre o governo do Estado e a empresa madeireira Agrocortex de apoio aos artesãos assistidos pela Secretaria de Estado de Pequenos Negócios (SEPN). A agenda ocorreu na noite de segunda-feira, 10, na Casa Civil.

A partir do termo, a empresa passa a doar resíduos madeireiros para a confecção de peças por cerca de 40 artesãos que vêm de famílias carentes, beneficiando indiretamente até 250 pessoas. Com os resíduos oriundos de madeira certificada, as peças criadas já estão ganhando espaços em feiras de São Paulo e Olinda, além do mercado local.

“A microeconomia é importante hoje com um contexto global. E eu agradeço por esse apoio ao nosso projeto de artesanato”, disse o governador Tião Viana a Marcos Preto, diretor executivo da Agrocortex.

O secretário de Pequenos Negócios, Henry Nogueira, agradeceu o apoio da primeira-dama do Estado, Marlúcia Cândida, na parceria e ressaltou sua importância: “É algo que se deu devido a demanda dos artesãos do Acre para produzir as suas peças. A empresa se disponibilizou a doar seus resíduos e o governo dá toda a estrutura para que eles cheguem aos profissionais”.

Agrocortex – A empresa é uma das maiores madeireiras de manejo certificado do mundo, localizada em Manoel Urbano.

O investimento privado de R$ 80 milhões é liderado pelos irmãos portugueses Rui e Nuno Ribeiro e iniciou suas atividades em outubro de 2015, gerando centenas de empregos no Acre.

Mais notícias