http://www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2018/07/7-1200x400.jpg
Cidades do Acre

Governo firma parceria com empresa peruana para exportação de carnes no Juruá

Mágila Campos
05.07.2018 19:22
Atualizado 05.07.2018 às 19:23

O governo acreano firmou mais uma parceria comercial com o Peru. Dessa vez para exportação comercial de carnes processadas da região do Vale do Juruá para o país vizinho e compra de hortifrúti peruana.

A cooperação foi firmada com a empresa andina Perbra Holding, que deverá utilizar o Frigorífico de Piscicultura de Peixes de Cruzeiro do Sul para processamentos de carnes bovinas.

“Nós vamos utilizar o frigorífico que foi construído pelo governo para processarmos a carne e exportamos para o Peru, e com o mesmo avião trazermos peixes, frutas, verduras e legumes com preços melhores dos cotados hoje”, explica o diretor comercial da empresa, Alejandro Salinas.

Na prática, a parceria trará muitos benefícios para os dois países. Os cruzeirenses, por exemplo, poderão consumir produtos que irão chegar à região do Juruá com menos de 48 horas de viagem.

O frigorífico será sedido por 10 anos para a empresa e passará a funcionar já nos próximos meses quando os procedimentos burocráticos forem finalizados, e o Complexo adequado para processamento de carnes.

Em reunião com representantes da empresa e da Secretaria de Desenvolvimento da Indústria, do Comércio e dos Serviços Sustentáveis (Sedens), o governador Tião Viana, se colocou à disposição para buscar em Brasília, junto aos órgãos brasileiros competentes, como Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), Receita Federal e Agência Nacional de Aviação (Anac), dialogar em busca de celeridade na liberação dos trâmites burocráticos de importação e exportação.

O titular da Sedens,  Michel Marques, destacou que, além de favorecer a população em geral, a relação comercial vai beneficiar os pecuaristas acreanos e os produtores peruanos.

Ressaltou ainda que além de exportação de produtos como batatas que vão chegar a preços mais baixos, já que o Peru produz em larga escala, a relação vai gerar emprego e renda na região do Vale do Juruá.

“O Acre ganha duas vezes. Nós vamos colocar o nosso frigorífico em funcionamento, vamos processar nossa carne, vender para o Peru e em contrapartida, vamos comprar para o Juruá, hortifrutigranjeiro de melhores com preços mais acessíveis”, destaca.

Mais notícias