http://www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2016/02/Secom_AcreGM0768768-1.jpg
Meio Ambiente

Governo investe em reflorestamento e segurança alimentar do povo Puyanawa

Da Redação
07.03.2016 7:44
Atualizado 04.03.2016 às 16:49

Convênio garante R$ 800 mil para reflorestamento com frutíferas em duas aldeias (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Convênio garante R$ 800 mil para reflorestamento com frutíferas em duas aldeias (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Entre as associações e cooperativas que assinaram convênio com o governador Tião Viana, em fevereiro, está a Associação Agroextrativista Puyanawa Barão e Ipiranga, de Mâncio Lima.

O convênio com os Puyanawas está orçado em aproximadamente R$ 800 mil, que serāo investidos no reflorestamento de 30 hectares das aldeias Barão e Ipiranga.

“No tempo dos fazendeiros, muita terra nossa foi degradada, e desde que nós passamos a cuidar já são mais de dois mil hectares com plantio de diversas espécies. Agora, com esse recurso, vamos fortalecer esse trabalho nas aldeias”, explica o presidente da associação, Luiz Puyanawa Puwe.

Além de fortalecer a segurança alimentar das comunidades, o objetivo é implementar o Projeto de Regionalização da Merenda Escolar. “Nós queremos impedir que os alimentos industrializados cheguem às escolas da nossa comunidade”, disse Luiz.

A área escolhida será recuperada com o plantio de frutíferas como açaí, acerola, graviola, maracujá e castanha. “Essa é uma atividade que estava prevista no plano de gestão da comunidade e vai beneficiar mais de 600 indígenas, que, além de trabalharem para conservar a área de floresta, garantem também a recuperação das áreas degradadas, tornando-as produtivas”, ressalta o Assessor Especial dos Povos Indígenas, Zezinho Yube Kaxinawá.

O recurso é do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com a contrapartida do governo do Estado.

Mais notícias