Cidades do Acre

Governo investirá mais de R$ 1 bilhão em diversas áreas até 2018

Ana Paula Pojo
17.05.2017 18:41

O momento é de crise financeira em quase todo o país. Mas na contramão do que se passa no cenário nacional, o Acre é um dos poucos estados que tem superado os desafios e assegurou para 2017 e 2018, mais de R$ 1 bilhão em investimentos para a Saúde, Segurança, Educação, Infraestrutura, Saneamento, Economia, Produção e demais áreas. Desse total, R$ 775 milhões já estão sendo investidos este ano.

Estado tem mais de R$ 1 bilhão para investimentos na Saúde, Segurança, Educação, Infraestrutura, Saneamento, setor produtivo e outros eixos, em 2017 e 2018 (Foto: Arquivo Secom)

“Nós trabalhamos muito por essa carta de investimentos que vai beneficiar os 22 municípios do Acre. Dos R$ 775 milhões previstos para este ano, até 45% será destinado para as ações e serviços na infraestrutura pública. E na saúde, todas as unidades dos 22 municípios receberão equipamentos novos”, afirma Tião Viana.

O eixo mais estratégico da plataforma de investimentos do governo é o da Economia Sustentável. Somente neste eixo, que inclui as ações voltadas para o desenvolvimento das cadeias produtivas, meio ambiente e sustentabilidade, indústria, turismo e ciência e tecnologia, o governo possui o montante de R$ 125 milhões assegurados.

Investimentos na economia, meio ambiente e cadeias produtivas

O Estado vai investir até R$ 68 milhões nas cadeias produtivas da castanha, açaí, borracha, café, mandioca, além do fomento e fortalecimento da suinocultura, fruticultura, piscicultura e bacia leiteira. A mecanização agrícola também é prioridade.

O governo investe mais de R$ 40 milhões em políticas públicas que conciliam a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento econômico ano (Foto: Arquivo Secom)

Para o desenvolvimento de ações em meio ambiente e sustentabilidade, o governo investe mais de R$ 40 milhões em políticas públicas que conciliam a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento econômico. Na industrialização, o investimento é de até R$ 13 milhões, culminando com o acréscimo de R$ 3,6 milhões para a Ciência e Tecnologia.

Geração de emprego e renda

Em 2010 o Produto Interno Bruto (PIB) – soma das riquezas produzidas – do Acre era de R$ 8 bilhões. Após quatro anos, registou um salto expressivo chegando a mais de R$ 13 bilhões. Isto graças aos investimentos nas cadeias produtivas, na microeconomia, e fortalecimento dos diversos setores que favoreceu, ainda, a criação de mais de onze mil empregos nesta gestão.

Em 2015, por exemplo, só Acre, Roraima e Piauí tiveram balança positiva de empregos, enquanto os outros estados do país demitiram mais do que contrataram (Foto: Arquivo Secom)

Foram cinco mil empregos informais e seis mil definitivos. E isso tudo, o setor privado sendo um grande alavancador do desenvolvimento. Em 2015, por exemplo, só Acre, Roraima e Piauí tiveram balança positiva de empregos, enquanto os outros estados do país demitiram mais do que contrataram.

Investimentos prioritários na Infraestrutura

No eixo infraestrutura, o investimento total é de R$ 324,3 milhões. Só para obras públicas, são R$ 31,3 milhões destinados para a continuidade e viabilidade de projetos com a Cidade do Povo, parques lineares, construção e reforma de prédios públicos. Para a infraestrutura de transporte, o investimento é de R$ 9 milhões para ramais, recuperação de aeródromos e outros.

Do total de investimentos, até R$ 775 milhões estão sendo executados este ano (Foto: Arquivo Secom)

Para os programas de pavimentação, mobilidade urbana e saneamento integrado, a destinação é de R$ 261,5 milhões em investimentos para urbanização nos municípios de difícil acesso. Já para a habitação e interesse social, o investimento é de R$ 22,4 milhões para urbanização e construção de novas moradias.

Segurança Pública

Para a Segurança Pública, um eixo ao qual o governo busca fortalecer fortemente, estão concentrados R$ 67 milhões em investimentos para a ampliação e reaparelhamento das unidades penitenciárias, das polícias civil e militar, além de projetos de reestruturação de quarteis e reforma e ampliação de delegacias.

Para a Segurança Pública, um eixo ao qual o governo busca fortalecer fortemente, estão concentrados R$ 67 milhões em investimentos (Foto: Arquivo Secom)

Ações como o fortalecimento do Bombeiro Mirim e Instituto Socioeducativo, além da implantação do Detran Moderno e ampliação dos serviços de educação, engenharia e fiscalização no trânsito. A instalação do colégio militar também é outro destaque.

Desenvolvimento Social, Saúde e Educação

Para a Educação, o recurso é de R$ 125,3 milhões para emprego e desenvolvimento de diversos programas (Foto: Arquivo Secom)

Para o programa de promoção de Saúde, o valor destinado é de R$ 131,4 milhões para o término de obras como a maternidade de Feijó, o Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), reforma do Hospital do Câncer do Acre (Unacon) e estruturação das unidades de Saúde. Outra parte deste recurso será empregada em outras diversas ações.

Para a Educação, o recurso é de R$ 125,3 milhões para emprego e desenvolvimento de diversos programas. Entre os principais constam a alfabetização, a implantação da escola de tempo integral e a reestruturação de espaços da rede pública, entre tantos outros.

Além disso, o governo está restaurando 20 espaços culturais e iniciou a construção do Museu dos Povos Acreanos, que deve ser um dos mais modernos da região. É o patrimônio histórico cultural cada vez mais fortalecido.

Mais notícias