Habitação e Infraestrutura

Habitação e Infraestrutura

Rio Branco, 20 de outubro de 2018

Entre 2011 e 2018, mais de 50 mil famílias acreanas foram beneficiadas com a posse do título definitivo.

Tião Viana entra para história como o governador de um estado da Região Norte que mais entregou títulos de propriedade, quando levada em consideração a proporcionalidade da população.

O documento assegura a posse jurídica da propriedade, caracterizando-se como uma espécie de “certidão de nascimento” do imóvel. Os R$ 30 milhões investidos pelo Estado asseguraram aos beneficiários a gratuidade na aquisição do título.

Em toda a gestão de Tião Viana foram mais de 12.300 casas construídas e entregues, beneficiando mais de 50 mil pessoas beneficiadas em Rio Branco. Só na Cidade do Povo, por exemplo, foram 3.348 moradias.

No complexo habitacional, o governo do Estado implantou toda uma rede de assistência: duas escolas de ensino fundamental e uma de ensino médio, uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), duas creches, uma Unidade Básica de Saúde, um Centro de Referência de Assistência Social (Cras), doze praças poliesportivas, mercado público, Centro de Educação Profissional, terminal de integração para ônibus, três postos policiais e um abrigo para viaturas.

Um verdadeiro espaço de cidadania popular, que reúne o investimento atual de R$ 350 milhões. Além do que já está disponível, novas edificações estão sendo construídas na Cidade do Povo: outra de ensino regular, Escola de Gastronomia e uma delegacia, estas duas últimas devem ser entregues nos próximos dias.

Em 2000, início dos governos de Frente Popular, Rio Branco tinha apenas 108 quilômetros de rede coletora de esgoto. Em 2016, com o programa Ruas do Povo em execução, a capital passou a ter 533 quilômetros, um crescimento de 393% no período. Já a rede de abastecimento de água em todo o estado passou de 399 quilômetros no ano 2000 para 2.360 quilômetros em 2016, crescimento de 491%.