http://www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2018/05/DSCN9826-1200x400.jpg
Saúde

Mães da saúde são homenageadas com dia de beleza

Jorge de Oliveira
14.05.2018 17:51
Atualizado 15.05.2018 às 10:57

Para quem é mãe e servidora da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) as homenagens pelo dia que celebra a maternidade ainda não terminaram. Na manhã desta segunda-feira, 14, para expressar o carinho às mamães, a equipe da humanização promoveu um momento de lazer voltado só para elas.

E para agradar a mulherada, nada melhor que investir na beleza. Contando com a parceria de uma  empresa de cosméticos, que trouxe diversos produtos de beleza, as mamães foram maquiadas e tiveram a oportunidade de ouvir dicas para que possam ressaltar ainda mais sua beleza.

“É o nosso jeito de dizer muito obrigado pelo tudo que essas mulheres fazem na saúde. Somos gratos pelo profissionalismo, pelo atendimento humanizado que essas profissionais espalham nas nossas unidades de saúde. Já havíamos promovido um dia de massagens e hoje deixamos ainda mais belas essas guerreiras da saúde do Acre”, diz Antônia Gadelha, gerente da humanização da Sesacre.

A Sesacre possui mais 3,5 mil servidoras em seus mais diversos cargos. Isso representa mais de 66% do quadro de profissionais da saúde (Foto: Ascom Sesacre)

Michele Amorim, uma das servidoras que aproveitou a maquiagem, agradeceu o momento. “Estou impressionada com o carinho que estão tendo com as mães que trabalham aqui e ainda com o carinho das atendentes. Algumas mães não sabem muito bem se maquiar, mas com essas dicas nós podemos aprender um pouco. Isso eleva mais nossa autoestima.”

Na saúde do Acre elas são maioria. A Sesacre possui mais 3,5 mil servidoras em seus mais diversos cargos. Isso representa mais de 66% do quadro de profissionais da saúde.

“Nossos servidores são nosso maior patrimônio. Essas mulheres são exemplo de dedicação e compromisso com a saúde do Acre. Além de trabalharem na saúde, são donas de casa e esposas, e mesmo assim não perdem a capacidade de trabalhar com competência e de forma humanizada”, destaca Rui Arruda, gestor da Sesacre.

Mais notícias