Educação

Nazareth Araújo discute integração de ações sociais do Estado e do governo federal

Concita Cardoso
14.11.2017 17:16

Ministro Osmar Terra se compromete encaminhar uma equipe ao Acre para tratar da integração (Foto: Assessoria Secom)

A governadora em exercício Nazareth Araújo cumpriu agenda em Brasília nesta terça-feira, 14, e tratou com o Ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, a integração das ações dos programas estaduais Primeira Infância Acreana (PIA), Asinhas da Florestania e o Criança Feliz, do governo federal.

A governadora foi acompanhada da coordenadora do PIA, Priscylla Aguiar, da diretora de Ensino da Secretaria de Estado de Educação (SEE), Rúbia Cavalcante, e da coordenadora do Criança Feliz, Daniele Macedo.

Na reunião, realizada a pedido do governador Tião Viana, Nazareth Araújo falou sobre a importância da integração das ações dos três programas como forma de otimizar recursos e potencializar as ações já desenvolvidas no estado.

Osmar Terra disse que a ideia do governo federal é desenvolver programas que revertam a desigualdade social no Brasil. Segundo ele, o Criança Feliz visa o desenvolvimento integral das crianças de baixa renda. “As ações são voltadas aos beneficiários do Bolsa Família, com idades entre 0 e 3 anos, e às crianças de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). As visitas domiciliares do programa já ocorrem em 290 cidades de 13 estados. Nos encontros, as famílias são orientadas sobre como estimular o desenvolvimento dos filhos, como foco em temas como saúde, educação, cultura e garantia de direitos. A ideia é integrá-lo às ações que já são desenvolvidas no Acre”, anunciou o ministro.

Atendimentos nos locais distantes

Nazareth Araújo disse que a integração vai possibilitar o cuidado integral das crianças atendidas pelos programas. “Essa é uma política pública em que o estado do Acre assume dar atenção à primeira infância, tão necessária para o combate à pobreza e por possibilitar a formação de um vínculo maior com as famílias”, disse.

E completou: “Por meio dos atendimentos ofertados pelo PIA temos percebido a importância do programa junto as famílias beneficiadas. Essa integração é fundamental para que a gente chegue mais longe com nossas ações de melhoria de vida da população”.

Reunião produtiva

Para Priscylla Aguiar a equipe do MDS foi receptiva à proposta apresentada pela governadora. Na oportunidade, ficou acertado que nos dias 14 e 15 de dezembro uma equipe do ministério virá ao Acre para que se possa desenhar como se dará essa integração.

Rúbia Cavalcante frisou que a reunião foi um empenho do Governo do Estado na busca por ampliar o atendimento às crianças de 0 a 6 anos. “Vamos aproveitar o modelo e a logística do Programa Asinhas da Florestania e chegar às comunidades mais distantes do Acre, com o intuito de promover o desenvolvimento integral das crianças”, frisou.

Criança Feliz

O Criança Feliz oferece às famílias condições de estimular o desenvolvimento integral nos primeiros mil dias de vida dos filhos. Pesquisas mostram que, ao receber os cuidados necessários nesta fase da vida, as crianças chegam à escola mais preparadas para aprender e têm acesso a melhores oportunidades no futuro.

PIA

O Programa Primeira Infância Acreana foi criado com o objetivo de fortalecer a Rede de Serviços destinada às crianças menores de seis anos em diversas regiões do estado. A iniciativa da Secretaria de Estado de Saúde pretende sensibilizar a sociedade e instituições públicas sobre a necessidade de implementar políticas públicas que garantam o desenvolvimento infantil integral.

Asinhas da Florestania

O programa é responsável por levar escolarização de qualidade para crianças que residem em comunidades ribeirinhas, indígenas e extrativistas, localizadas em zonas de difícil acesso no Acre é a principal diretriz do programa Asas da Florestania.

 

Mais notícias