http://www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/02/Destacada-1200x400.jpg
Governo

No Judiciário, Gladson afirma que será “um defensor incansável da Justiça Social”

Wesley Moraes
05.02.2019 9:31
Atualizado 05.02.2019 às 9:43

Governador prestigiou a posse da nova presidência do Tribunal de Justiça do Estado do Acre

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, defendeu o diálogo e a união dos Poderes, Executivo e Judiciário, como principais ferramentas para garantir a justiça social no estado, em solenidade de posse dos novos dirigentes do Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC), na noite desta segunda-feira, 4.

“É no Poder Judiciário que estão depositadas as esperanças de quem acredita no Estado Democrático de Direito e confia na força das instituições. Nossas portas estarão sempre abertas para o diálogo. E o bem estar da população será o elo mais forte, tendo o respeito mútuo como nosso guia”, ressaltou.

A sessão solene empossou a nova diretoria do Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC) para o próximo biênio 2019-2021, que terá como presidente o desembargador Francisco Djalma.

Gladson Cameli pregou a independência e a harmonia entre os poderes, como fatores primordiais para o desempenho das instituições. “Sou um defensor incansável da Justiça”, disse Cameli, para em seguida citar as medidas de seu governo para melhorar o atendimento da Defensoria Pública Estadual, entre elas a primeira sede própria da instituição e a presença de defensores públicos na maioria dos municípios acreanos.

Governador Gladson Cameli discursa para presentes na posse da nova presidência do TJAC (Foto: Odair Leal/Secom)

“Não podemos aceitar que as pessoas mais humildes sejam injustiçadas porque não têm condições de contratar um advogado. Como governador, já estou empenhado em virar essa página e vamos conseguir, se Deus quiser”, pontuou.

Pelos próximos dois anos, o desembargador Francisco Djalma conduzirá a presidência do TJAC. Na vice-presidência assumiu o desembargador Laudivon Nogueira e a corregedoria-geral de Justiça está sob a responsabilidade do desembargador Junior Alberto Ribeiro. Esta será a 28ª administração do Judiciário Acreano.

A solenidade foi realizada nesta segunda-feira, 4, na sede do TJAC e, além do governador Gladson Cameli, foi prestigiada pelo presidente da Assembleia Legislativa do estado do Acre, deputado Nicolau Júnior, pela prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, pela procuradora-geral de Justiça do Ministério Público Estadual, Kátia Rejane, e pelas demais autoridades.

Novo desafio no TJAC

O novo desembargador-presidente disse estar empenhado para o novo desafio e explicou que sua gestão será marcada pela valorização da Justiça de Primeiro Grau, a principal porta de entrada do Judiciário.

Da mesma maneira que o governador Gladson Cameli, Djalma pregou a união dos Poderes com o objetivo de fortalecer, cada vez mais, as instituições, garantindo o atendimento às demandas sociais.

Desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado do Acre com autoridades convidadas para a cerimônia de posse, incluindo o governador Gladson Cameli (Foto: Odair Leal/Secom)

“Chego, pois, a presidência deste Tribunal com a consciência de que nada pode ser realizado sozinho, a união faz a força e, para tanto, não só contarei com a colaboração dos desembargadores, juízes e servidores, como também com a cooperação de todos os demais Poderes. Precisamos do apoio dos órgãos parceiros para que possamos alcançar dias melhores”, afirmou Francisco Djalma.

Mais notícias