http://www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2017/07/secom_acre_SV_2017-1-1200x600.jpg
Infraestrutura

Novo porto contribui para comércio e produção em Marechal Thaumaturgo

Arison Jardim
04.07.2017 8:45
Atualizado 05.07.2017 às 9:11

O porto de acesso faz parte do projeto de saneamento ambiental integrado (Foto: Sérgio Vale/Secom)

No mês passado, a agência Notícias do Acre trouxe em suas páginas o avanço na pavimentação em Marechal Thaumaturgo, ação que faz parte do projeto de Saneamento Ambiental Integrado. Enquanto as vias seguem recebendo concreto armado, uma inovação na infraestrutura do estado, a cidade já conta com outra etapa da obra, concluída no último ano: o porto de acesso e o terminal de transbordo, à beira do Rio Juruá.

Em uma manhã movimentada, barcos, canoas e balsas estão atracados no novo local de chegada de mercadorias para a cidade. Iogurte, farinha, telhas, postes, melancia e até mesmo um carro podem agora chegar aos moradores de Marechal de forma muito mais digna do que antes, pelos barrancos e escadas ao longo da margem do rio.

José Pinheiro Elias, comerciante e produtor, enquanto pega um carregamento de ovos da Granja Carijó, vindo de Cruzeiro do Sul, relata um pouco do que mudou com a conclusão do local. “Este porto ficou uma delícia, coisa boa mesmo. Ah, patrão, acolá você tem umas escadas que não se pode nem descer e carregar as coisas”, diz Elias. “Este porto aqui chegou em tempo. Nós fomos abençoados com um negócio desses.”

A nova rampa tem feito tanto sucesso que chega a causar engarrafamento de embarcações e carros. O produtor rural Antônio da Costa, conhecido como Caxixa, enquanto descarregava suas melancias e sacas de farinha, diz que o porto ajudou a aumentar suas vendas. “Antes a gente só tinha uma escada e quebrada, hoje já tem a rampa e melhorou a situação. Vai precisar mais daqui a pouco, olha aí como está agora”, afirma, apontando para as seis embarcações e diversos carros trocando mercadorias.

Obras na cidade

Além do porto concluído e das ruas em execução, a cidade está recebendo também uma nova estação de tratamento de água (ETA). O empreendimento vai captar água do Rio Amônia e poderá fornecer água potável 24 horas por dia.

Durante toda a obra, equipes do governo do Estado mantêm constante fiscalização nos canteiros – do acompanhamento do projeto, como planejado, até a qualidade dos insumos e o cronograma de execução das prioridades em cada município, tudo é observado.

O projeto faz parte do Programa de Saneamento Ambiental e Inclusão Socioeconômica do Acre (Proser), conduzido pelo Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa) e pela Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan). Ao todo, são investidos R$ 24 milhões, só em Marechal Thaumaturgo.

Saiba mais sobre as obras de saneamento ambiental integrado em Marechal Thaumaturgo

Mais notícias