http://www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/02/GUR_3386-3-1200x400.jpg
Segurança

Operação Abunã cumpre 17 prisões em Rio Branco e Plácido de Castro

Vânia Andrade
05.02.2019 16:12
Atualizado 05.02.2019 às 17:47

Foram cumpridos ainda 16 mandados de busca e apreensão em rota do tráfico

Pelo menos 16 mandados de busca e apreensão, e outros 17 mandados de prisão, foram cumpridos pela Polícia Civil do Estado do Acre, na manhã desta terça-feira, 5, na Operação Abunã, em Rio Branco e em Plácido de Castro (a 90 quilômetros da capital). De acordo com a Polícia Civil, dos 17 mandados cumpridos, 13 são de pessoas que já estão reclusas no sistema prisional.

A Operação Abunã recebeu esse nome em alusão ao rio que banha o município de Placido de Castro, e teve como objetivo desarticular organização criminosa que atua na região, prendendo os principais suspeitos de envolvimento em homicídios, roubos, tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Policiais civis cumpriram mandados em duas cidades (Foto: Divulgação/Sesp)

Durante as buscas, os policiais civis encontraram cadernos de anotações, sementes de maconha e aproximadamente R$ 2 mil. Os presos e o material apreendido foram encaminhados ao Judiciário para os procedimentos exigidos.

Segundo o delegado Pedro Buzolini, coordenador da operação, foram meses de investigação. “Nós estávamos trabalhando nessa investigação, há algum tempo. Foi constatado que alguns dos envolvidos agiam de dentro do presídio e davam ordens aos comparsas, para execução de pessoas e práticas de crimes contra o patrimônio em todo o estado”.

A operação em Plácido de Castro foi importante porque o município é rota de entrada para drogas e produtos contrabandeados no país. Da operação participaram cerca de 40 policiais civis, entre agentes e delegados.

Mais notícias