http://www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2018/02/DSCN9862-1200x400.jpg
Saúde

Parceria possibilita experiência de estudantes da Ufac na saúde

Maxmone Dias
01.02.2018 16:58
Atualizado 01.02.2018 às 16:58

Parceria foi iniciativa da professora da Ufac Mariane Ribeiro (Foto: Maxmone Dias)

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), por meio do Departamento de Ações Programáticas Estratégicas (DAPE) e do Departamento de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, em parceria com a Universidade Federal do Acre (Ufac), recebeu na manhã desta quinta-feira, 1, estudantes da instituição do curso de Saúde Coletiva.

Ao todo, 19 estudantes vão desenvolver, elaborar, planejar e, principalmente, executar ações e atividades junto aos departamentos, colocando em prática o que é assimilado em sala de aula.

A professora do curso Mariane Ribeiro ressalta a importância de os alunos porém agora em prática o que foi estudado. “O curso de Saúde Coletiva também trabalha com esse processo de planejamento, monitoramento e ação de gestão. Tudo isso faz parte do DAPE. Além de conhecimento, é a oportunidade de os alunos verem que a teoria e a prática caminham juntas.”

Durante 30 dias, os alunos irão acompanhar o trabalho técnico dos departamentos, da rede de atenção psicossocial, rede cegonha e doenças crônicas, permitindo maior compreensão das diferentes modelagens de atenção à saúde e utilização dos serviços que permitem melhoria na qualidade dos serviços e no atendimento destinado à população de todo o estado.

O gerente do DAPE, João Paulo Silva, fala como as atividades irão envolver os alunos. “Durante esse período, eles presenciarão como as equipes dos departamentos trabalham, quais os serviços oferecidos à população, como funciona e como se dá a execução das atividades.”

Um dos 19 alunos de Saúde Coletiva contemplados com a parceria, João Rerfton enfatiza a importância da experiência e a oportunidade de conhecer como a Sesacre executa os serviços de saúde no estado. “Como acadêmico, é importante levarmos nossos conhecimentos à população, ajudando a promover as ações que tendem a melhorar o fluxo de atendimento.”

Mais notícias