http://www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2018/05/WhatsApp-Image-2018-05-10-at-18.17.53-1200x400.jpeg
Segurança

Polícia Civil apreende mais de cem quilos de drogas em menos de dois meses no Juruá

Sandro de Brito
11.05.2018 9:00
Atualizado 17.05.2018 às 10:55

Criados oficialmente pela Secretaria de Estado da Polícia Civil (SEPC) em março deste ano, os núcleos das delegacias de Repressão a Entorpecente (DRE) e de Combate ao Crime Organizado (DECCO) em Cruzeiro do Sul já deram resultados. Intensificando cada vez mais as ações de enfrentamento à criminalidade e ao trafico de drogas em toda a região do Juruá, as especializadas já apreenderam cerca de 170 quilos de drogas.

Outro dado relevante é o total de armas de fogo apreendidos no Juruá: foram 32, além do cumprimento de 81 mandados de prisão e de busca e apreensão.

O objetivo da criação dos núcleos é o combate mais forte ao crime de tráfico de drogas e à organização criminosa, além do fortalecimento da investigação com foco em uma maior eficácia do trabalho policial no interior do Acre (Foto: Divulgação)

Para o coordenador da DECCO, os números são bastante expressivos. “Isso é um reflexo do trabalho desempenhado pela especializada na região do Juruá”, disse Elton Futigami.

O coordenador do núcleo da DRE na região, delegado Alexnaldo Batista, falou das ações desenvolvidas. “Esse é um trabalho que está sendo desenvolvido pela especializada de forma conjunta com as demais. Retiramos de circulação ilícitos como drogas e armas e efetuamos prisões importantes. A droga é um mal que fomenta os demais crimes”, observou.

O objetivo da criação dos núcleos é o combate mais forte ao crime de tráfico de drogas e à organização criminosa, além do fortalecimento da investigação com foco em uma maior eficácia do trabalho policial no interior do Acre.

“A partir de agora, com a criação dos núcleos da DRE e DECCO no Juruá, temos uma investigação mais célere e específica para combater com maior eficácia o crime de tráfico de drogas e a organização criminosa”, ressaltou o secretário de Polícia Civil, Carlos Flávio Portela.

Para o secretário de Segurança Pública, Vanderlei Thomas, a implantação dos núcleos da DRE e DECCO no Juruá demonstra o compromisso do governo do Estado com a região. “Isso é a demonstração de que estamos fazendo a nossa parte de combater firme o tráfico de drogas e o crime de organização criminosa, principalmente em regiões de fronteira. Vamos continuar trabalhando em defesa da nossa sociedade”, disse Thomas.

Interiorização

A interiorização dos núcleos segue planejamento estratégico da Segurança Pública do Acre, o que demonstra a sensibilidade do governo no combate firme e mais eficaz ao trafico de drogas e às organizações criminosas em áreas fronteiriças do Juruá.  O planejamento segue com a implantação dos núcleos nas demais regiões e a próxima região a ter a atuação desses núcleos é a do Alto Acre que compreende os município de Xapuri, Epetaciolândia, Brasileia e Assis Brasil.

Mais notícias