Segurança

Polícia Civil conclui quarta turma do curso de investigação em homicídios

Sandro de Brito
17.06.2017 20:39

Bolivianos foram capacitados por meio de um acordo de cooperação entre Acre e Pando (Foto: Sandro de Brito)

A quarta turma do curso de investigação de homicídios foi concluída na última sexta-feira, 16, com 25 agentes da Polícia Civil da capital e do interior.  Quatro representantes da Polícia Nacional Boliviana (PNB) lotados no Departamento de Pando, na Bolívia, também participaram.

O curso idealizado pelo Grupo de Treinamento Policial (GTP) da Polícia Civil trata desde fundamentos e metodologia à recognição visuográfica de local de crime.

Dentre as disciplinas ministradas estão: Fundamentos e Metodologias do Homicídio, Investigação Criminal, Provas Correlatas ao Crime de Homicídio, Planejamento Operacional, Preservação do local de crime, Técnicas de entrevista, estudo de caso, Relatório Policial, Parâmetros do Homicídio e Recognição Visuográfica.

A atividade faz parte do planejamento da capacitação continuada e visa o aperfeiçoamento das técnicas de investigação. Com 40 horas/aula e nove disciplinas, após o aperfeiçoamento, os concludentes serão multiplicadores em suas unidades de atuação.

Delegado de carreira, Nilton Boscaro ressaltou a importância da capacitação dos agentes. “O objetivo é aprimorar e aperfeiçoar o conhecimento do agente para que tenhamos mais celeridade no atendimento bem como a elucidação de crimes dessa natureza” , observou Boscaro.

Para o secretário de Polícia Civil, Carlos Flávio Portela, a capacitação tem sido a chave para prestação de um serviço de qualidade à população.

“Essa capacitação de nossa força policial tem sido uma busca constante para que possamos, cada vez mais, manter a qualidade na prestação de um serviço de excelência à sociedade”, salientou o delegado-geral.

Ainda de acordo com Carlos Flávio Portela, foram ministradas técnicas e procedimentos para que os operadores tenham maior eficácia nos procedimentos.

“Nosso objetivo é treinar todo o efetivo no decorrer deste ano de 2017, assim como fizemos nos anos anteriores, para que tenham conhecimento de todas as técnicas disponíveis trabalhando de forma célere, com o objetivo da oferta de um serviço de excelência à sociedade”, conclui.

Mais notícias