http://www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/01/Jeferson-e-Laison-1024x400.jpg
Governo

População chega cedo para prestigiar posse do governador Gladson Cameli

Golby Pullig
02.01.2019 9:59
Atualizado 13.02.2019 às 9:49

Dois telões, um instalado na praça, e outro na frente do Palácio Rio Branco, exibiram a cerimônia de posse

O público que acompanhou a posse do governador Gladson Cameli começou a chegar por volta de 13h30 desta terça-feira, 1º, e aos poucos foi ocupando o espaço da praça Eurico Dutra. A tarde nublada favoreceu a participação popular, marcada pela presença de famílias inteiras. Dois telões, instalados na praça e na frente do Palácio Rio Branco, exibiram a cerimônia de posse, oficializada por meio de Ato Constitucional realizado na Assembleia Legislativa do Acre.

Jerônimo Francalino esteve nas cerimônias de posse de todos os governadores desde Orleir Cameli, tio de Gladson (Foto: Marcos Vicentti/Secom)

Os olhos atentos e a esperança de ver mais um governador empossado fez com que Jerônimo Francalino Rodrigues, de 79 anos, saísse cedo de casa. O operador de máquinas pesadas aposentado, e ex-seringueiro, vem acompanhando as solenidades desde o governador Orleir Cameli, tio de Gladson. Ele faz questão de dizer que, mesmo sem saber ler ou escrever, procura se informar sobre a vida política do estado e espera que o novo governo possa trabalhar para fazer um novo futuro para todos.

Juciele Souza levou as filhas para, juntas, prestigiarem a solenidade. (Foto: Marcos Vicentti/Secom)

A estudante Juciele Souza, junto com as filhas Maria Isabel de 4 anos e Manuela, de apenas dois meses, fez questão de ver de perto a posse do novo governador. “Votei nele. Quis vir prestigiar a posse. Espero que faça um bom governo especialmente na área de segurança, pra que a gente possa andar livre nas ruas. Eu tenho esperança”.

Jeferson e Laison vieram prestigiar a posse de Gladson e Major Rocha enrolados na Bandeira do Acre (Foto: Marcos Vicentti/Secom)

Os amigos Jeferson Alencar e Laison Costa cobriram-se com as bandeiras do Acre para participar do ato pela primeira vez. Para eles, esta eleição representa um grito de liberdade. “Vislumbro um futuro melhor. Desejo que os números negativos mudem, que o estado possa crescer”, diz Jeferson. “Vim com muita satisfação apostando que vai dar certo”, complementa Laison.

Josineide participou do evento pela primeira vez (Foto: Marcos Vicentti/Secom)

A aposentada Josineide Souza, 65, nunca havia participado de uma solenidade de posse e diz que tem expectativas de melhorias especialmente para as áreas de saúde, educação e segurança. Próxima à grade de isolamento que separava população de autoridades, a servidora pública pode ver de perto a chegada do governador como pretendia.

A família Kaxinawa destacou a importância de participar de um ato como esse. (Foto: Marcos Vicentti/Secom)

Natural de Tarauacá, a família de Denilson Saboia, que o acompanha enquanto ele conclui o Ensino Médio, estava feliz de poder participar do ato popular. José e Teresa Saboia Kaxinawa estão atentos às mudanças e creem que é preciso conhecer melhor as ações do novo governo. “É importante para nós participar da posse”, diz José Saboia.

Em seu discurso, o governador Gladson Cameli disse que sua missão é ser um representante do povo e que ele e sua equipe irão trabalhar para a mesma soberana autoridade: o povo do Acre. “Não há espaço para projetos pessoais”, enfatiza.

Mais notícias