Saúde

Saúde oferece atendimento médico e ônibus do Hemoacre durante ação comunitária

Lane Valle
19.06.2017 8:43

Atendimento médico foi oferecido durante ação comunitária em escola (Foto: Lane Valle)

Laine Pereira tem 18 anos e doava sangue pela primeira vez. Ela conta que teve na mãe a inspiração para doar. “Minha mãe é doadora há anos e sempre falou da importância do gesto para salvar vidas. Tinha medo, mas vi que é bem tranquilo. Agora vou doar sempre para ajudar quem precisa”, destaca a estudante.

Estacionado no pátio da Escola Estadual Áurea Pires, no bairro Aeroporto Velho, o ônibus do Hemoacre (unidade móvel) recebeu diversos doadores nesta semana.

As doações de sangue ocorreram durante o Mutirão da Boa Ação, promovido pelo Instituto de Direitos Humanos (IDHA), em parceria com a Secretária Estadual de Saúde (Sesacre).

O evento concentrou diversas ações, entre elas atendimento médico, jurídico, aferição de pressão e vacina. A comunidade escolar também teve a disposição consultas com psicólogo, fonoaudiólogo e nutricionista.

A diretora da escola, Francisca Lima, agradeceu a iniciativa. “Ficamos felizes em receber a ação, especialmente pelo carinho dos profissionais que estão abraçando essa causa. Já temos o programa Família na Escola, justamente para estreitar mais os laços com a comunidade escolar. Agradecemos o apoio da Sesacre, que se prontificou em participar do evento”, ressalta.

Ação comunitária foi promovida pelo Instituto de Direitos Humanos (Foto: Lane Valle)

Mais notícias