http://www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/03/Secretários-Geral-1200x400.jpg
Educação

Secretários Estaduais de Educação se reúnem para construir Agenda da Aprendizagem

Érica Torres
13.03.2019 8:21
Atualizado 13.03.2019 às 8:23

Acontece em Brasília, a 2ª Reunião Extraordinária do Conselho Nacional de Secretários de Educação, o Consed. Durante os dois dias de encontro, 11 e 12 de março, a principal pauta é a construção do que os secretários estão chamando de Agenda da Aprendizagem.

Reunião do CONSED, Brasília-DF

“Está sendo uma reunião muito proveitosa, na qual nós, os secretários estaduais de educação de todo o país, elaboramos uma agenda propositiva para ser entregue ao ministro da educação e ser apresentada também no congresso nacional”, conta o Secretário de Estado da Educação do Acre, Mauro Sérgio Cruz.

Para essa agenda foram definidas quatro prioridades: a primeira, voltada aos financiamentos públicos destinados aos estados, com a solicitação de que o valor dos repasses possa ser corrigido; a segunda, em relação a uma política voltada para a formação dos professores e elaboração do currículo em cada estado para a implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) para a Alfabetização e o Ensino Médio; a terceira prioridade é quanto a implantação do Novo Ensino Médio; e por fim, um pedido de diálogo mais próximo em relação a elaboração das avaliações externas, como a Prova Brasil e o Enem.

O secretário Mauro Sérgio conta ainda que propôs aos secretários da região norte presentes na reunião que o grupo atuasse em conjunto para apresentar uma agenda unificada, considerando as particularidades geográficas da região amazônica, o valor do “custo aluno” nesses estados, dentre outros aspectos.

Secretários de Educação da Região Norte reunidos em Brasília-DF (Foto: Eduardo Colin/Ascom CONSED)

“Eles gostaram da idéia e então formamos um Grupo de Trabalho que a partir de abril estará se reunindo, tentado encontrar mecanismos para que o MEC possa ter um olhar mais sensível para a região norte, sobretudo para esses estados que estão inseridos nessa realidade de floresta, como é o caso do Acre”, finalizou.

Mais notícias