http://www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2018/04/3-1200x400.jpg
Geral

Shantalla reforça vínculo entre mães e bebês na maternidade do Juruá

Lúcia do Vale e Rose Farias
11.04.2018 12:06
Atualizado 11.04.2018 às 12:07

Desde 2013, o projeto de terapias alternativas e complementares, vem realizando sessões de shantalla, técnica milenar indiana de massagem em bebês. A pratica é conduzida pelo massoterapeuta Bento Marques, que há mais de 30 anos estuda técnicas de automassagem, yoga e meditação.

O terapeuta iniciou o projeto com as mães cruzeirenses aplicando as sessões de shantalla com o objetivo de aumentar o vínculo entre as mães e seus bebês.O projeto tem o apoio do gabinete da primeira-dama Marlúcia Cândida. “É importante para criança ser cuidada e acolhida de forma amorosa na primeira infância, a base para uma vida saudável e cheia de aprendizados. Com essas práticas, o governo tem promovido o envolvimento de ações inovadoras com usuários, gestores e trabalhadores. Essa é uma nova realidade na rede de atenção à saúde pública”, comentou Marlúcia.

A pratica é conduzida pelo massoterapeuta Bento Marques, que há mais de 30 anos estuda técnicas de automassagem, yoga e meditação (Foto: Onofre Brito)

A ação é coordenada pela Divisão de Práticas Integrativas e Complementares (PICs), do Departamento de Atenção Primária, Políticas e Programas Estratégicos (Dape), da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre).

Para Drª. Márcia Soares, Gerente do Banco de Leite da Maternidade, a shantalla é muito importante para estimular o vínculo mãe e bebê, através da massagem que a mãe faz no bebê.

“A massagem também ajuda no bom funcionamento do intestino, aliviando as cólicas e dando tranquilidade ao bebê, na formação da consciência corporal e é importantíssimo para o seu desenvolvimento” disse Drª. Márcia.

Sergiane Silva, mãe de Luís Fernando lembra que começou a frequentar as sessões de shantalla quando ele ainda era muito pequeno.

”Comecei a vir com Luís Fernando quando ele era ainda um bebezinho, hoje com 1 ano e nove meses, e quando começamos a fazer os movimentos da shantalla ele não teve prisão de ventre e não sofremos com o choro de cólica, hoje ele é esse menino feliz e saudável, Graças a Deus e a shantalla.”

A mãe de Tomás Mendes, Maicilene da Pascoa Mendes também relata os benefícios da Shantalla destacando a importância dessa massagem.

“Tomás não teve problemas de cólicas e sempre amou a massagem que ainda hoje, com 1 ano e 8 meses, enquanto está mamando faço para ele relaxar”.

Bento Marques ao ver o resultado do seu trabalho ressalta: “é muito gratificante ver esses sorrisos lindos dessas mães e crianças felizes essa é minha maior recompensa”.

Mais notícias