http://www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2018/11/Secom_Ac_GM09111812181-1200x400.jpg
Governo

Sonho da casa própria: Tião Viana entrega 52 novas unidades habitacionais no Loteamento Andirá

Samuel Bryan
09.11.2018 11:46
Atualizado 16.11.2018 às 12:01

Com mais uma entrega de 52 novas residências no Loteamento Andirá, em Rio Branco, na manhã desta sexta-feira, 9, o governador Tião Viana chegou a marca de 176 unidades no local entregues a famílias de áreas de risco, a custo zero, que haviam sido retiradas de suas casas e viviam até então no aluguel social.

Todas as famílias beneficiadas no Andirá receberam suas casas a custo zero por serem oriundas de áreas de risco (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

O Andirá foi resultado de um grande esforço do governador Tião Viana, que teve trâmites burocráticos grandes a serem contornados, mas que finalmente toma forma e até o final do ano terá 344 unidades habitacionais, num recurso gerido pelo Estado de R$ 128 milhões oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do Minha Casa, Minha Vida.

Muito além disso, durante a gestão do governador Tião Viana, quase 14 mil unidades habitacionais foram entregues, incluindo as residências urbanas, rurais e emergenciais, somadas às casas em terras indígenas. Tudo isso beneficiando cerca de 54 mil pessoas em todo o Acre.

“Aqui no Andirá parecia uma causa perdida de um tempo que projeto, viabilização financeira e todo um controle do contrato entre governo e empresas não dava certo, mas nós superamos tudo isso e agora mais 52 casas são entregues hoje. Até o dia 30 queremos entregar mais 100 casas e aí as últimas queremos até o Natal. É um esforço máximo”, destaca o governador.

Uma realidade melhor

“É um sonho realizado, porque eu e minhas filhas morávamos num barranco”, conta Rosângela Ribeiro (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

Entre as novas beneficiadas com uma unidade habitacional, a senhora Rosângela Ribeiro não segurou a emoção quando agradeceu ao governador pela conquistada da nova casa. Antiga moradora do Dom Giocondo, sua residência estava prestes a desabar, por isso precisou ser retirada com a família e passou quatro anos no aluguel social.

“É um sonho realizado, porque eu e minhas filhas morávamos num barranco. E eu agradeço muito a Deus, o governador Tião Viana e o pessoal da Sehab por essa benção que eu to recebendo hoje. A minha casa era de madeira, tava caindo. Foram quatro anos de luta e espera, mas hoje conseguimos”, conta.

Segundo a secretária de Habitação, Janaína Guedes, o Andirá representa um grande volume de obras, chegando a possuir sete empresas presentes e 500 pessoas trabalhando. O Estado garante ter todos os recursos para conclusão das casas em caixa.

“Recomeçamos a trabalhar no Andirá aqui em maio deste ano, tivemos um cronograma que estamos conseguindo cumprir, com as famílias já selecionadas e aguardando receber suas casas, com a previsão de fechar o loteamento em dezembro”, ressalta Janaína.

Mais notícias