http://www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2018/05/9E8F8AB9-F8E4-4218-8786-E206B0DDA8F5-1200x400.jpeg
Educação

Tião Viana sanciona Lei Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação

Samuel Bryan
11.05.2018 11:24
Atualizado 15.05.2018 às 9:00

Foi com o Teatro Plácido de Castro lotado de jovens estudantes de algumas das principais instituições de ensino da capital na manhã desta sexta-feira, 11, que o governador Tião Viana sancionou a Lei Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação.

A lei estadual dispõe sobre estímulos ao desenvolvimento científico, à pesquisa, à capacitação científica e tecnológica e à inovação (Foto: Sérgio Vale/Secom)

O ato fez parte do Encontro da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que visa a valorização e fomento do conhecimento a partir da utilização de ferramentas tecnológicas e institui a secretaria regional da SBPC no Acre.

A lei estadual dispõe sobre estímulos ao desenvolvimento científico, à pesquisa, à capacitação científica e tecnológica e à inovação, tudo isso num modelo chamado Tríplice Hélice, que une governo, iniciativa privada e o meio acadêmico científico. Com isso, o Acre é o segundo estado do país a oficializar sua lei nesse sentido.

“Sobretudo esse é um encontro dos que acreditam que o melhor caminho para o futuro é o da educação de qualidade. Estamos falando da pesquisa básica, avançada, na busca de soluções pela tecnologia para fazer o melhor pelo ser humano, pela vida das pessoas”, destaca o governador Tião Viana.

Pelo progresso

Com seu congresso anual realizado em 2014 em Rio Branco, a SBPC possui laços fortes com o Acre, seu governo e instituições de ensino (Foto: Sérgio Vale/Secom)

A Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) é uma entidade civil, sem fins lucrativos ou posição político-partidária, voltada para a defesa do avanço científico e tecnológico, e do desenvolvimento educacional e cultural do Brasil. Desde sua fundação, em 1948, a SBPC exerce um papel importante na expansão e no aperfeiçoamento do sistema nacional de ciência e tecnologia, bem como na difusão e popularização da ciência no País.

Com seu congresso anual realizado em 2014 em Rio Branco, a entidade possui laços fortes com o Acre, seu governo e instituições de ensino. Durante o encontro nesta sexta, foram discutidas a atuação da SBPC e as políticas públicas de fomento à ciência junto à criação da secretaria regional.

O presidente da entidade, o doutor em física Ildeu de Castro Moreira, ressalta: “Temos as secretarias regionais em quase todos os estados brasileiros. Queremos ter em todos eles, pois é importante a comunidade científica estar mais integrada com políticas públicas. Nossa reunião anual aqui foi muito bem sucedida e agora queremos que a comunidade científica local também tenha oportunidade dentro da SBPC”.

O encontro contou ainda com a presença do Almirante Delgado, da Marinha do Brasil, que palestrou sobre a necessidade de estimular a curiosidade científica nos jovens.

Legislação de avanços

Senador Jorge Viana foi o relator do Código Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, que institui as mudanças no progresso da área a nível federal (Foto: Sérgio Vale/Secom)

O senador Jorge Viana esteve presente no Encontro. Ele foi o relator do Código Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, que institui as mudanças no progresso da área a nível federal. “A vinda da SBPC ao Acre foi muito importante junto com a mudança que conseguimos fazer na legislação brasileira. As pessoas ainda não tem a dimensão da importância dessa lei para nossa juventude, as empresas, os negócios e o país. Ela permite associações e financiamentos. Isso é algo novo”.

Relator do Código na Câmara dos Deputados e um dos articuladores do encontro, o deputado federal Sibá Machado completa: “Eu quero agradecer ao governador Tião Viana por ter criado a lei estadual com base no que fizemos em Brasília. Com a lei estadual, o Acre é um dos primeiros estados a entrar nessa normatização da inovação e pesquisa. Isso abrirá um espaço para pesquisadores, estudantes, bolsas de estudo e as empresas”.

Mais notícias