Unidades prisionais passam por revistas no Acre

10.01.2017 15:52 Por Marcelo Torres
Tags:Iapen, produtos ilícitos, revistas, segurança pública, unidades prisionais

Celulares, facas, estoque e arma de fogo foram encontrados em celas durante revistas no presídio da capital (Foto: Cedida)

O Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), por meio do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), Polícia Militar e Polícia Civil, realizou na manhã desta terça-feira, 10, uma revista no Pavilhão A do Complexo Penitenciário Francisco D’Oliveira Conde (FOC), onde foram apreendidos vários produtos ilícitos nas celas, junto aos pertences de reeducandos.

Segundo o Iapen, naquele pavilhão estão reclusos presos do regime fechado. No interior do ambiente prisional as forças de segurança encontraram celulares, facas, estoques (pedaços de ferros) e arma pistola com munições intactas.

O diretor-presidente do Iapen, Martin Hessel, explicou que a ação é uma forma preventiva de preservar vidas e, assim, evitar que ocorram fatos como os noticiados em outros estados da Região Norte, com a morte de vários detentos.

“As revistas estão sendo feitas em outras unidades prisionais da capital e no interior. O Iapen irá abrir uma sindicância para averiguar como essa arma de fogo entrou na unidade e um competente inquérito policial foi instaurado para apurar possível interferência extra-ambiente prisional, com o rigor necessário”, disse.

Hessel diz ainda que o governo do Estado vem trabalhando incansavelmente para que os conflitos entre organizações criminosas não ocorram. Prova disso são os vários projetos em parceria com outros órgãos, incluindo ações de produção agrícola e educação, que estão em breve deverão entrar em fase de execução.