https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/01/Paulo_Cesar_sec.jpg?resize=1024%2C400&ssl=1
Segurança

Ação integrada das Forças de Segurança desmobiliza festa de facção criminosa

Gleydison Meireles
02.09.2019 16:40
Atualizado 03.09.2019 às 8:06

As ações dos membros do Sistema Integrado de Segurança do Acre (Sisp), formatadas e planejadas pelo governo estadual têm atingido resultados satisfatórios. Exemplo disso foi a ação integrada realizada no último sábado, 31 de agosto, quando oito pessoas foram presas e um menor apreendido enquanto participavam de uma festa alusiva ao aniversário de criação de uma facção criminosa.

As prisões ocorreram nos bairros Belo Jardim e Cidade do Povo, sendo cinco por força de mandado de prisão por crimes de tráfico e associação criminosa e três em flagrante por porte de arma e por integrar organização criminosa.

A ação contou com cerca de 60 policiais civis, policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope), Batalhão de Trânsito e militares, civis e bombeiros militares do Grupamento Especial de Fronteiras (Gefron). A operação integrada coordenada pelo delegado Marcus Cabral (Divisão Especializada em Investigações Criminais da Polícia Civil – Deic), e pelo Coronel PM Ulysses Araújo, da Gefron.

A ação contou com cerca de 60 policiais civis, policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope), Batalhão de Trânsito e militares, civis e bombeiros militares do Grupamento Especial de Fronteiras (Gefron) Foto: Diego Gurgel/Secom

Durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta segunda-feira, 2, o secretário de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Paulo Cézar da Rocha dos Santos, enalteceu o trabalho das forças policiais do Estado e enfatizou que a Segurança não se curvará às ações criminosas.

“Temos policiais extremamente preparados e comprometidos com as ações de Segurança e isso tem resultado em grandes ações. O Estado não se curvará às ações criminosas, a polícia é dinâmica e para onde o crime migrar, lá estaremos nós para combatê-lo”, frisou.

Marcus Cabral, delegado de Polícia Civil e coordenador da operação destacou o resultado positivo das ações integradas realizadas no Acre.

“O resultado das ações integradas tem sido positivo e refletido diretamente na diminuição dos índices de violência no Acre. Há muito o que ser feito, mas estamos no caminho certo”, comentou a autoridade policial.

Mais notícias