https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2016/07/Secom_Acre_GM2507167414.jpg?resize=1000%2C400&ssl=1
Agronegócio

Acre e China iniciam rodada de conversas para investimentos em potencialidades do estado

Samuel Bryan
26.03.2019 11:56
Atualizado 21.08.2019 às 17:44

Representantes do governo do Acre estiveram presentes na manhã desta terça-feira, 26, em uma reunião na Superintendência de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura (Sedi), em Rondônia, para tratar de novas possibilidades de investimento, principalmente da China, nas potencialidades do estado.

Estiveram presentes no encontro o diretor para a Amazônia da Câmara de Comércio e Indústria Brasil China, Sérgio Araújo, a gerente de assuntos internacionais da Sedi, Elisângela Lima, a diretora da Secretaria de Fazenda do Acre, Wanessa Brandão, e o secretário de Produção e Agronegócio do Acre, Paulo Wadt.

Um dos principais assuntos de interesse do Acre em relação ao comércio chinês foi o aproveitamento de algumas madeireiras do estado (Foto: cedida)

Segundo Paulo Wadt, um dos principais assuntos de interesse do Acre em relação ao comércio chinês foi o aproveitamento de algumas madeireiras do estado cujas instalações estão desativadas ou operando em baixa capacidade, principalmente devido ao interesse do país asiático nesse mercado.

A logística de armazenamento de grãos também esteve em pauta, devido a construção de uma unidade de armazenamento de grãos em Rondônia por investidores chineses, com a produção do Acre impulsionada pelas novas políticas de agronegócio também entrando na linha de interesse. Também entraram na conversa do setor produtivo o complexo de piscicultura Peixes da Amazônia, a comercialização de carne de pequenos animais como porcos e aves, e a disponibilidade do setor frutífero do estado para a iniciativa privada.

A agenda seguiu com a apresentação de projetos chineses voltados ao setor de iluminação e segurança pública, com novos e modernos equipamentos com baixo consumo de energia.

O secretário Paulo Wadt explica que essa é uma conversa prévia da Câmara e novos passos serão dados a partir de então. “Agora, será realizada uma prospecção de possíveis interesses na realização de parcerias com os setores, entraremos em contato com investidores da China para uma aproximação com empresários acreanos além do governo e faremos encaminhamentos necessários para possibilidades de investimentos”, conta.

A reunião terminou com o convite ao diretor para a Amazônia da Câmara de Comércio e Indústria Brasil China, Sérgio Araújo, para uma visita ao Acre e assim dar encaminhamento a uma nova linha de parcerias.

Mais notícias