https://i0.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/05/Assis-Lima_artesanato_de-latex_RioBranco_AC-1.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Economia

Acre participa do 12° Salão do Artesanato e ganha destaque com maior estande do evento

Golby Pullig
06.05.2019 14:15
Atualizado 06.05.2019 às 16:54

Produção sustentável, valores ecológicos corretos e preços justos são os fatores que colocam o artesanato acreano entre os de maior destaque em eventos nacionais e que registram um grande volume de vendas. Por este motivo, o estado será homenageado com o maior estande do 12° Salão do Artesanato, a ser realizado de 08 a 12 de maio, das 10h às 22h, em Brasília, na Arena de Eventos do Pátio Brasil. A feira, promovida pela empresa Rome Eventos, é considerada uma das maiores e mais importantes do Brasil no segmento.

Capaz de apresentar como um cartão de visitas o potencial artístico e cultural de um povo, o artesanato é uma boa fonte de renda e hoje tem mercado garantido no Brasil, mesmo em períodos de crise econômica. Esta é a expectativa do artesão Kleder Eko, que irá participar da feira. “É uma oportunidade de realizar boas vendas nesse período de crise, de mostrar a produção sustentável e ecologicamente correta e esse trabalho economicamente justo”, diz.

Salão do Artesanato dá espaço de destaque para o artesanato acreano. Evento é considerado um dos mais importantes do país (Foto: Diego Gurgel/Secom)

O evento tem o apoio do Sebrae e do governo do Estado, por meio da Secretaria de Empreendedorismo e Turismo e a Coordenação do Artesanato, por meio do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB). Segundo a coordenadora estadual do Artesanato da Secretaria de Empreendedorismo e Turismo (Seet), Suelany Paiva, a estratégia do Acre é mostrar e retratar, através do artesanato, a cultura, biodiversidade e beleza acreanas.

“Apresentar peças sustentáveis e ecologicamente corretas é uma tendência mundial. E é o que estamos trabalhando no Acre. Nossa participação enriquece e dá visibilidade ao estado. Isso é motivo de orgulho para todos os representantes do artesanato”, diz. Quatorze artesãos acreanos participarão do evento levando peças bordadas manualmente, em machetaria, biojóias, calçados de látex, cestaria de Cruzeiro do Sul, esculturas, bolsas e utensílios de decoração.

 

 

Mais notícias