https://i0.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/04/Foto-5.jpg?resize=854%2C400&ssl=1
Educação

Atletas paralímpicos conquistam 17 medalhas em Uberlândia

Stalin Melo
01.04.2019 15:21
Atualizado 04.04.2019 às 11:35

Imagine cinco atletas especiais. Agora imagine uma competição em nível nacional onde participam os melhores do país. Some a tudo isso a garra, a vontade e a determinação desses jovens em trazer bons resultados. Foi exatamente isso o que acontece com Rebeca, Débora, Armando, Gigliane e Lucas.

Professor Clodoaldo Castro realizou a preparação dos atletas (Foto: cedida)

Eles foram até a cidade de Uberlândia (MG) para participar da I Etapa regional do Circuito Caixa de Atletismo e Natação. O resultado não poderia ter sido melhor. Das 17 medalhas conquistadas, foram 14 de ouro, 2 de prata e 1 de bronze. Como se tratava de uma etapa classificatória, eles irão competir as fases nacionais do torneio.

Quatro dos cinco atletas paralímpicos acreanos estão classificados para as três próximas fases do Circuito e todos os cinco atletas estão classificados para o campeonato brasileiro de atletismo e natação que será realizado na cidade de São Paulo no mês de outubro.

Para participar da etapa em Uberlândia, eles contaram com o apoio do governo do Estado por meio do Departamento de Esportes da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE). Além disso, utilizam a pista de atletismo do Sesi e como a maioria é da rede pública, treinam no contraturno das aulas.

O professor Clodoaldo Castro, do Dom Bosco, foi quem coordenou o trabalho da equipe vitoriosa. Ele destaca que o esporte, num primeiro momento, tem a finalidade de realizar a inclusão desses alunos, mas a partir dos treinos atletas de alto rendimento vão se revelando. “Esses alunos estavam bem preparados para representar o nosso Estado”, disse.

Atletas acreanos conquistaram um total de 17 medalhas (Foto: Cedida)

Quem também comemorou o resultado foi o diretor do Departamento de Esportes da SEE, Júnior Santiago. “O esporte dá dignidade, respeito e sustento a esses atletas, por isso precisamos ampliar esse trabalho para que mais pessoas especiais possam ser alcançadas”, afirmou.

Muitas medalhas

Dos cinco atletas, quatro participaram das competições de atletismo e uma atleta da natação. Veja como foi o desempenho de cada um.

Rebeca Campos (Natação) – ganhou cinco medalhas de ouro e conseguiu quatro índices

Débora Oliveira (Atletismo) – ganhou três medalhas de ouro e conseguiu dois índices

Armando Pimentel Jr. (Atletismo) – ganhou três medalhas de ouro e um recorde brasileiro

Gigliane Paiva (Atletismo) – ganhou três medalhas de ouro e conseguiu dois índices

Lucas Vinícius (Atletismo) – ganhou duas medalhas de prata, uma de bronze e conseguiu dois índices.

 

Mais notícias