https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/06/sinhasique.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Diversos

Conselhos municipais de turismo habilitam o Acre para investimentos no setor

Neide Santos
03.06.2019 18:09
Atualizado 03.06.2019 às 18:09

A articulação conjunta entre o Conselho Estadual de Turismo e o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Empreendedorismo e Turismo (SEET), possibilitou a criação dos Conselhos Municipais, colocando o Acre na condição de devidamente credenciado para pleitear investimentos de fomento ao turismo junto ao Governo Federal, via Ministério do Turismo.

Fundado em 2008, o Conselho de Turismo do Acre é composto por sindicatos dos hoteleiros, agentes de viagens, taxistas, bares, restaurantes e empresas de eventos, além de instituições que servem para o desenvolvimento do Estado. Todos associados em prol do trade turístico do Estado e devidamente vinculado ao Ministério do Turismo.

A criação dos conselhos municipais demandou empenho dos dois órgãos no sentido de sensibilizar os prefeitos sobre a importância de tê-los, bem como uma ação pontual da SEET visando diminuir as barreiras burocráticas, garantido assim agilidade nos processos.

Com a criação do Conselho Municipal de Turismo de Rio Branco, um dos últimos a serem implantados, a capital do Estado, que antes ficava de fora do programa, agora está adequada as normas do Ministério do Turismo, podendo, portanto, firmar convênios e pleitear recursos junto ao Governo Federal para investimentos que tragam retorno.

O presidente do Conselho Estadual de Turismo do Acre, empresário Rizomar Araújo, reconheceu o empenho do Governo do Estado, por meio da SEET, em apoiar esforços para que o Acre esteja habilitado e, portanto, não perca os investimentos capazes de atrair turistas para visitar o Estado, trazendo assim recursos, gerando emprego e renda.

Conselhos e Governo somam esforços para o desenvolvimento do turismo no Acre. ( Foto: cedida)

“Na parceria com a SEET vamos estar sempre trabalhando conjuntamente pra atrair investimentos, dar as devidas contribuições técnicas, e como o conselho é deliberativo, auxiliar para que todos os projetos estejam de acordo, para que haja continuidade nos projetos, mesmo que ocorra mudança no governo e, assim, estimular o turista a visitar o Acre”, reforçou o presidente do Conselho.

A secretária de Turismo, Eliane Sinhasique, lembrou que, no primeiro momento, a prioridade foi conscientizar os prefeitos sobre a importância da criação dos Conselhos, uma vez que representa um credenciamento para receber investimentos junto ao governo federal.

“Antes os prefeitos não se interessavam por essa questão, agora já encaram como importante para angariar mais recursos e que o turismo pode ser uma boa alternativa econômica para seu município”, considerou Sinhasique.

 

Mais notícias