https://i1.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/08/127.jpg?resize=1000%2C400&ssl=1
Geral

Depasa reativa estação elevatória de esgoto do Universitário

Cleide Elizabeth
09.08.2019 8:56
Atualizado 09.08.2019 às 9:01

A Estação Elevatória de Esgoto (EEE) do Conjunto Universitário já está em pleno funcionamento. A elevatória, que deixou de funcionar há oito meses por falta de manutenção, foi reativada pelo governo, por meio do Departamento Estadual de Água e Saneamento (Depasa) depois de receber reparos na bomba e em todo o sistema elétrico.

A elevatória do Universitário recebe e transporta esgoto dos conjuntos Universitário I, II e II até a Estação de Tratamento de Esgoto da Conquista, onde os resíduos recebem tratamento para, então, retornar à natureza.

Elevatória foi reativada depois de receber reparos na bomba e sistema elétrico Foto: Neto Lucena/Secom

A elevatória do Universitário é a terceira reativada na gestão do governador Gladson Cameli. Com o sistema em funcionamento, o Depasa corrige mais alguns problemas na rede evitando, por exemplo, que o esgoto transborde no meio da rua, retorne para as casas ou chegue ‘in natura’ aos igarapés.

A reativação das elevatórias foi planejada para garantir o pleno funcionamento do sistema de esgotamento sanitário da capital. A primeira medida foi reativar a ETE da Conquista. Na sequência, foram reativadas as elevatórias do Manoel Julião, Tucumã e, agora, a do Universitário. “Nosso objetivo é colocar em funcionamento todas as elevatórias e, gradativamente, alcançar o nível desejado, que é tratar pelo menos 70% do esgoto gerado na capital, essa é a nossa meta para os próximos dois anos”, revela Zenil Chaves.

Como funciona uma elevatória

Uma elevatória é um sistema formado por bombas, válvulas e equipamentos elétricos capazes de bombear a água de uma área mais baixa para sistemas de tratamento em níveis mais elevados. A Estação Elevatória de Esgoto- EEE, pode funcionar como reservatório, para a coleta de água em resíduos do solo, em operações com variação de vazão.

Mais notícias