Visita técnica

Depasa recebe visita de alunos da Academia de Polícia

A diretoria do Depasa recebeu nesta quinta-feira, 2, a visita técnica dos alunos da turma 2019 do Curso de Formação para Auxiliares de Necropsia da Polícia Civil do Estado Acre. A atividade é parte da pesquisa solicitada aos alunos pelo instrutor da disciplina Locais de Eventos com Transportes Perigosos, ministrada pelo perito criminal, Haley Márcio Vilas Boas.

As perguntas trazidas pelos policiais alunos foram respondidas pelo chefe do Departamento de Operações e Distribuição, Filogônio Ribeiro, que explicou como ocorre o tratamento de água  e quais os  procedimentos adotados pelo Depasa para garantir a segurança  de servidores e usuários do sistema durante transporte e manipulação dos produtos químicos utilizados.

Durante a visita técnica, policiais alunos ficaram sabendo como ocorre o tratamento da água e quais procedimentos de segurança que envolvem transporte e manipulação de produtos químicos Foto: Assessoria/Depasa

“Embora os produtos usados para esse tipo de operação não sejam considerados de grande periculosidade, o mais nocivo em caso de vazamento é o clorogás, o Depasa realiza todos os procedimentos recomendados, como treinamento de pessoal e utilização de material adequado para proteção dos operadores, como máscaras e luvas”, explicou Filogônio Ribeiro.

As informações fornecidas pelo Depasa servirão de base para texto final do trabalho de conclusão a ser apresentado pelos alunos da disciplina, no qual, além de uma análise situacional, deve constar a proposição de procedimentos para atuação nessa área.

O curso ofertado pela Academia de Polícia (Acadepol) no Acre é inédito no Brasil para o cargo de Auxiliar de Necropsia. Foi incluído na grade pelos idealizadores que consideram o tema como conhecimento importante para evitar contaminação por inalação, absorção ou ingestão de gases líquidos e sólidos considerados perigosos.

“Queremos agradecer a disponibilidade da diretoria do Depasa em nos atender e fornecer todos os dados. Nosso objetivo foi alcançado, saímos daqui bem satisfeitos”, declarou Talita Dias, uma das alunas da turma, durante a visita técnica ao Depasa.