https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/10/WhatsApp-Image-2019-10-08-at-11.10.03-AM.jpeg?resize=1200%2C400&ssl=1
Geral

Deracre coloca em funcionamento usina de asfalto 

Eudes Góes
07.10.2019 17:26
Atualizado 09.10.2019 às 8:35

O Departamento de Estradas e Rodagens, Infraestrutura Hidroviária e Aeroviária do Acre (Deracre) conseguiu fazer funcionar a usina de asfalto que encontra-se instalada no pátio do órgão, na regional de Feijó. Esse foi um grande feito para o governo Gladson Cameli, já que a usina de preparação de massa asfáltica, que estava parada há cerca de cinco anos, poderá propiciar à administração estadual parceria com algumas prefeituras.

De acordo com Cláudia Braga, engenheira do Deracre que atua no Juruá, além dos problemas com a fiação havia algumas peças corroídas pelo tempo que precisavam ser substituídas.

Deracre) conseguiu fazer funcionar a usina de asfalto que encontra-se instalada no pátio do órgão, na regional de Feijó Fotos: Cedidas

Ítalo Medeiros, presidente do Deracre, explica que o trabalho de recuperação da usina teve parceria entre as prefeituras de Feijó e Tarauacá. “Eles ajudaram  com a estadia do pessoal, na alimentação e na recuperação da usina para torná-la operante novamente, já que esse ano estamos arrumando a casa e estamos muito focados na recuperação de equipamentos”.

Ainda de acordo com o presidente, a “recuperação da usina de Feijó é uma vitória dupla porque conseguimos fazê-la usando servidores do quadro, sem necessidade de contratar uma empresa”.

O gestor lembra que vândalos entraram no local quando a usina estava prestes a funcionar, para cortar e furtar os cabos no painel eletrônico, o que causou um enorme atraso nos trabalhos, já que foi preciso mandar buscar cabos no Mato Grosso e em São Paulo.

No tocante ao futuro da usina, Ítalo Medeiros afirma que o compromisso do governo do Estado é entregar a usina operando.  “Fizemos também uma verificação nos tanques de armazenamento. Não é só colocar a usina para funcionar, há outras medidas que precisam ser tomadas, inclusive o licenciamento ambiental que já providenciamos. Ela já está no ponto de operar, só falta a prefeitura comprar os insumos”, diz Medeiros.

Para o ano que vem, a meta é a compra de insumos pelo governo estadual para auxiliar as prefeituras da região. Para o diretor, o fato de poder produzir o asfalto mais próximo do local de uso traz economia para as prefeituras.

Ítalo Medeiros, presidente do Deracre, explica que o trabalho de recuperação da usina teve parceria entre as prefeituras de Feijó e Tarauacá Fotos: Cedidas

Mais notícias