https://i1.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2008/08/images_especial_3colunas_01.jpg?resize=570%2C30&ssl=1
Meio Ambiente

Dezessete receitas à base de pirarucu foram apresentadas na feira

Viviane Teixeira
19.08.2008 11:35
Atualizado 15.12.2013 às 5:06

untitled-1_01.jpg untitled-1_02.jpg untitled-1_03.jpg

Uma das atrações da Feira do Pirarucu em Manuel Urbano foi a comercialização de pratos à base do peixe na Praça de Alimentação. Desde o ano passado, durante os dias de evento, as cozinheiras são orientadas a elaborar receitas que utilizam o pirarucu fresco e salgado. Madalena Braga, instrutora da capacitação, salienta que a participação dos restaurantes de Manuel Urbano garante o envolvimento e a consolidação das práticas para os próximos anos de feira.

dsc_0352.jpg foto_angela_peres_5.jpg

 Governo do Estado capacita cozinheiras de Manuel Urbano

O trabalho nas cozinhas começou logo pela manhã, com a preparação dos pratos que foram comercializados no almoço e no jantar. “Além das 17 receitas que as cozinheiras aprenderam no ano passado, para este ano cinco novos pratos foram comercializados”, disse Madalena Braga.

Consuelo Menezes, proprietária de um dos restaurantes, destaca que, antes da capacitação, só comercializa pratos utilizando o pirarucu salgado. Ela conta que desde o ano passado tem aproveitado as dicas da professora de culinária para inovar as receitas de seu empreendimento. “Temos muito a ganhar não só com a feira de pirarucu, mas também com a abertura da estrada. Isso vai melhorar para todo mundo. É mais um sonho realizado”, comemorou Consuelo.

Os visitantes da Feira do Pirarucu Manejado puderam ainda conhecer o trabalho de artesanato que utiliza como matérias-prima as escamas de pirarucu e as sementes.

O curso de artesanato foi um dos diferenciais da segunda edição do evento, tendo sido elaborado com a proposta de ampliar as possibilidades de renda para as famílias envolvidas com o manejo de pirarucu. “As vendas superaram nossas expectativas, a aceitação foi surpreendente”, disse o artesão Wilson Araújo.

foto_angela_peres_14.jpg foto_angela_peres_15.jpg

Escamas de pirarucu e sementes foram as matérias-primas dos artesanatos vendidos na feira

Ambulantes de Rio Branco, Sena Madureira e Manuel Urbano aproveitaram a movimentação para vender diversos produtos. A comerciante Raimunda Nonata de Carvalho, que trabalha na capital, deslocou-se até Manuel Urbano pela segunda vez para aproveitar o evento.

Participaram da II Feira do Pirarucu os secretários de Estado Nilton Cosson, Fábio Vaz e Eufran Amaral, o superintendente do Ibama Anselmo Forneck, o deputado federal Fernando Melo e representantes do Ministério da Pesca, prefeitura de Manuel Urbano e dos pescadores.

“Os resultados positivos do manejo permitem que o projeto seja expandido para outros dois municípios, além de ser um exemplo rico em idéia e iniciativas”, destacou o secretário de Governo Fábio Vaz.

{xtypo_rounded2}Veja aqui receita de pirarucu criada pela professora de culinária Madalena Braga

dsc_0328.jpg PIRARUCU À MODA DE MANOEL URBANO

INGREDIENTES:

1kg de Pirarucu fresco
2 cebolas
2 tabletes de caldo de Camarão
500 gramas de batatas
1 maço de coentro
5 dentes de alho grandes
1 cravo da Índia
Sal e Pimenta
250ml de azeite extra virgem
1 envelope de Hondashi
¹/² de azeitonas pretas

PREPARO:

  • Limpe o Pirarucu, retirando a pele e as espinhas, separe em lascas grossas, tempere com Hondashi, sal e o alho e pimenta.

    Descasque as batatas, corte em rodelas juntamente com as cebolas.

  • Em uma panela coloque uma camada de rodelas de cabolas, coentro picado, o alho laminado o cravo.

    Sal e pimenta e o Hondashi polvilhado

    Por cima faça uma camada de pirarucu e, sobre ela, uma camada de batatas. Regue com todo o azeite e leve ao fogo baixo ate cozinhar as batatas.

  • Sirva decorado com as azeitonas pretas.

{/xtypo_rounded2}

Mais notícias