Dia 7 de setembro: Acre registra redução de 400 focos de calor em relação a 2018

Considerado com um dia crítico de risco de fogo, o 7 de setembro deste ano registrou uma redução de 400 focos de calor em relação ao ano passado. De acordo com levantamento realizado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), no dia 7 de setembro de 2018 foram contabilizados 425 focos de calor e este ano, apenas 24.

O número de focos de calor de 2019 ficou abaixo também dos anos  de 2017, com 306 registros; de 2006 com 133 e de 2015, que registrou 63 focos. O secretário de Estado de Meio Ambiente, Israel Milani, atribui a redução ao trabalho intensivo realizado em conjunto por diversas instituições. “A nossa equipe está trabalhando em constante parceria. A redução expressiva do número de focos de calor é o resultado das missões que vêm acontecendo em todo o estado”, falou.

As ações da Comissão Estadual de Gestão de Riscos Ambientais (CEGdRA), coordenada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), estão alinhadas com o Centro de Operações (COp) no 4º Batalhão de Infantaria de Selva do Exército Brasileiro (4º BIS), onde está sendo realizado o planejamento das operações de Garantia da Lei e da Ordem Ambiental (GLOA).

As ações da GLOA no Acre iniciaram no dia 24 de agosto, com a publicação do decreto presidencial que autoriza o emprego das Forças Armadas na Amazônia Legal, e encerram no dia 24 de setembro. “As ações estão acontecendo de forma conjunta e coordenada. É muito importante obtermos os dados para avaliar se o planejamento está sendo eficiente. No caso do dia 7 de setembro obtivemos êxito”, afirmou o comandante do 4º BIS, tenente coronel Wellington Costa Prates.

Ações da GLOA no Acre iniciaram no dia 24 de agosto e encerram no dia 24 de setembro Foto: Odair Leal/Secom

As equipes estão em campo para coibir todos os crimes ambientais, incluindo as queimadas ilegais. O Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac) está atuando em todo o estado, e tem intensificado ações no Oeste, na região de Tarauacá. O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) fica até o dia 27 de setembro na missão de Rio Branco até Feijó e na próxima semana será retomada a missão da Floresta Estadual do Antimary.

O Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA), o Corpo de Bombeiros (CBMAC), dentre outras instituições, estão colaborando ativamente no combate aos focos de calor no Estado do Acre. O pedido de reforço de 30 bombeiros da Força Nacional para o combate a incêndios florestais e queimadas no Acre encontra-se em avaliação.