https://i1.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/05/WhatsApp-Image-2019-05-06-at-15.50.44.jpeg?resize=1200%2C400&ssl=1
Educação

Educação e parceiros lançam II Edição do Jovem Parlamentar Acreano

Stalin Melo
06.05.2019 15:46
Atualizado 06.05.2019 às 16:00

A Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), em parceria com a Assembleia Legislativa (Aleac) e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) lançou nesta segunda-feira, 6, no plenário do parlamento estadual, a II Edição do Programa Jovem Parlamentar Acreano (JPA).

A solenidade contou com a presença da Diretora de Ensino da SEE, professora Denise Santos, a presidente do Conselho Estadual de Educação (CEE), Iris Célia Cabanellas, da presidente do TRE, desembargadora Regina Ferrari Longuini e dos deputados Nicolau Júnior (presidente da Aleac), Roberto Duarte, Daniel Zen e Juliana Rodrigues.

O projeto visa eleger 24 estudantes, um representante em cada uma das 24 escolas estaduais de ensino médio da capital, que por um período de 8 meses desenvolverão, sob a supervisão de profissionais da Aleac, da SEE e do TRE, ações voltadas ao conhecimento do Legislativo.

JPA chegará nas 24 escolas de ensino médio (Foto: Edson Marangoni)

E o projeto que instituiu o JPA é de autoria do deputado Daniel Zen e caberá ao presidente da Aleac, Nicolau Júnior nomear a comissão que será responsável pela implementação dos procedimentos das sessões do JPA. Até o mês de agosto haverá campanha nas escolas e votação com urnas a serem instaladas pelo próprio TRE.

Para a professora Denise Santos, trata-se de um momento impar para as escolas de ensino médio, na medida em que toda a comunidade escolar, e não apenas os alunos, terá a oportunidade de discutir e debater sobre o fazer político. “É um momento de reflexão sobre o papel que cada um ocupa dentro da sociedade”, disse.

O projeto visa eleger 24 estudantes, um representante em cada uma das 24 escolas (Foto: Edson Marangoni)

A partir do lançamento do JPA há toda uma mobilização nas escolas e, depois, o debate de idéias. Ela lembra que no ano passado, surgiram várias propostas interessantes, como uma em que foi sugerido ações relativas a prevenção do suicídio e da depressão. “São questões que influenciam muito no cotidianos dos alunos”, explicou.

O presidente da Aleac, deputado Nicolau Júnior, também destacou a importância da realização de mais uma edição do JPA. “Essa juventude vai ter a oportunidade de estar aqui, vendo como a Aleac funciona, sendo um deputado estadual, por isso, só temos a agradecer ao TRE, ao governo do Estado, por meio da SEE, por essa iniciativa”, afirmou.

 

Mais notícias