https://i1.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/09/Mardilson-Gomes-14-1.jpg?resize=1200%2C400&ssl=1
Educação

Educação realiza formatura de 120 alunos pelo Programa Formação Pela Escola

Clícia Araújo
12.09.2019 9:24
Atualizado 12.09.2019 às 9:24

A Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE), por meio da Diretoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional e Departamento de Inovação, realizou na noite de terça-feira, 10, a formatura de 120 cursistas pelo Programa Formação Pela Escola (FPE), uma iniciativa do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC).

O programa que funciona no Núcleo de Tecnologia Educacional (NTI), localizado no Centro de Referência de Inovação Educacional (CRIE), tem o intuito de elevar o desempenho das ações do FNDE em todo o país, contribuindo diretamente com a melhoria da qualidade do ensino e do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB).

O FPE tem por objetivo contribuir para o fortalecimento da atuação dos agentes e parceiros envolvidos com a execução, o monitoramento, a avaliação, a prestação de contas e o controle social dos programas e ações educacionais financiados pelo Fundo.

O programa consiste, ainda, na oferta de cursos de formação continuada, em que os participantes conhecem os detalhes da execução das ações visando à formação especial para o desempenho correto e adequado da aplicação dos recursos financeiros do FNDE, que é o responsável pela execução da maioria das ações e programas da Educação Básica do Brasil, como a alimentação e o transporte escolar, além de atuar também na Educação Profissional e Tecnológica e no Ensino Superior.

Formatura de 120 cursistas pelo Programa Formação Pela Escola Foto: Mardilson Gomes Ascom/SEE

“Esse é o caminho certo para todos aqueles que querem se capacitar para o mercado de trabalho dentro desses cursos de formação inicial e continuada. O profissional nunca está pronto e acabado. Ele está sempre em construção e esses cursos acontecem para que diversos profissionais, estando ou não em uma universidade, sendo da comunidade ou sendo membro da educação estadual e municipal, todos são chamados para este momento importante que é a sua qualificação profissional. O mercado hoje exige isso de qualquer profissional e esse é o diferencial dessa nova equipe que assumiu esse ano o NTE”, pontuou o Secretário de Educação Mauro Sérgio Cruz.

Participaram dos cursos os profissionais da educação das redes pública estadual e municipal, como também pessoas da comunidade.  Foram nove cursos ofertados sendo eles: Competências Básicas, Censo Escolar, Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação, Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), Programa do Transporte Escolar (PTE), Programas do Livro (PLI), Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e Controle Social para Conselheiros (CSC).

Os cursos são no formato modular, de 40 e 60 horas, realizados em duas fases: presencial e à distância, por meio da plataforma moodle, composto por material didático como caderno de estudo, caderno de atividades e vídeos.

Participaram dos cursos os profissionais da educação das redes pública estadual e municipal, bem como pessoas da comunidade Foto: Mardilson Gomes Ascom/SEE

“Temos tutores capacitados em todo o estado, mas no momento só estamos com o programa em 11 municípios. Temos o desafio de atender os outros 11. O programa atende as duas redes, municipal e estadual, e temos parceria com algumas instituições particulares, pois o objetivo do programa é capacitar todo cidadão que esteja interessado no controle social e interessado também em dar esse acompanhamento. Os cursistas, agora formados serão os agentes de controle, cidadãos capacitados a fazerem o controle social de todas as ações do FNDE e das ações da administração pública”, comentou a professora Alcinda Lima, coordenadora estadual do FPE.

De 2016 a 2019, o Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE) já formou mais de 11 mil pessoas no Acre pelo FPE. Só este ano, já atendeu mais de 2 mil pessoas, com expectativa de atender mais 1 mil até o final do ano, sendo este mais um dos compromissos do Governo do Acre com a população: o de levar mais conhecimento e educação para todos.

 

Mais notícias