https://i1.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2012/02/2012_fevereiro_01_porto_acre_foto_angela_peres_1.jpg?resize=800%2C400&ssl=1
Geral

Em Porto Acre população ribeirinha é a mais afetada pela enchente

Nayanne Santana
19.02.2012 21:41
Atualizado 19.02.2012 às 21:41

Cheia do rio desabrigou moradores da cidade e mais de 200 famílias de ribeirinhos (Foto: Angela Peres/Secom)
Cheia do rio desabrigou moradores da cidade e mais de 200 famílias de ribeirinhos (Foto: Angela Peres/Secom)

Cheia do rio desabrigou moradores da cidade e mais de 200 famílias de ribeirinhos (Foto: Angela Peres/Secom)

O governador Tião Viana, acompanhado de um representante da Defesa Civil esteve na tarde deste domingo, 19, em Porto Acre para levar apoio ao município. A Prefeitura de Porto Acre estima que pelo menos 230 famílias ribeirinhas estejam desabrigadas devido à cheia do Rio Acre. Na área urbana da cidade, de acordo com o prefeito José Maria Rodrigues, 22 famílias estão desabrigadas.

“Com essa enchente, a vinda do governador ao município é muito importante. Para nós e para os moradores que vivem nas áreas atingidas, porque a Prefeitura de Porto Acre não tem condições de prestar todo esse suporte na questão da alimentação, médicos, medicamentos e a ajuda que o Governo do Estado esta dando vai favorecer o apoio às famílias atingidas”, disse o prefeito Zé Maria.

Os desabrigados estão ficando em casas de parentes ou sendo acolhidos em alojamentos como escolas e outros espaços públicos. O governador Tião Viana assegurou ao prefeito que vai enviar cestas básicas, equipe médica, medicamentos e combustível para que os barcos naveguem nas áreas alagadas e auxilie na retirada das famílias.

 

Governador Tião Viana garante ajuda aos ribeirinhos e outras famílias atingidas pela cheia em Porto Acre (Foto: Angela Peres/Secom)

Governador Tião Viana garante ajuda aos ribeirinhos e outras famílias atingidas pela cheia em Porto Acre (Foto: Angela Peres/Secom)

 

“Nós vamos providenciar tudo o que for preciso para ajudar esses 230 ribeirinhos e as 22 famílias atingidas pela cheia do Rio Acre. O prefeito já decretou situação de emergência. E nos preocupa essa previsão de que o rio encha ainda nas próximas horas”, comentou Tião Viana.

Na tarde deste domingo, em Porto Acre, o rio estava com 16 metros, segundo informações da prefeitura do município.

Mais notícias