https://i1.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/09/WhatsApp-Image-2019-09-01-at-06.26.41.jpeg?resize=1200%2C400&ssl=1
Educação

Equoterapia atrai a atenção do público durante a feira em Cruzeiro do Sul

Luana Lima
01.09.2019 20:33
Atualizado 01.09.2019 às 20:41

A Equoterapia é um método terapêutico e educacional, que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem multidisciplinar e interdisciplinar, nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiências e/ou necessidades especiais.

Na Expoacre Juruá, o Rancho 2 Baias expõe em seu estande a Equoterapia, que atrai todos que frequentam a feira, pela beleza do trabalho e dos cavalos.

Centro de equoterapia dispõe de uma equipe multiprofissional composta por enfermeiro, veterinário, psicólogo, fisioterapeuta e equitador Foto: Marcos Vicentti

A enfermeira, Daniela Marques, explica que o centro de equoterapia dispõe de uma equipe multiprofissional composta por enfermeiro, veterinário, psicólogo, fisioterapeuta e equitador.

“A principio, o trabalho está sendo realizado de forma particular, mas estamos iniciando uma parceria com a prefeitura municipal, para atender pela rede pública, crianças com necessidades especiais”, ressaltou Daniela Marques.

Equoterapia é opção de tratamento para crianças especiais Foto: Marcos Vicentti.

A primeira-dama, Ana Paula Cameli, acompanhada da Secretária de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres, Claire Cameli, conheceu o espaço e aproveitou para ver de perto o trabalho que é realizado com as crianças.

“É muito bom conhecer esse trabalho e saber que podemos ver a possibilidade de ele ser expandido para rede pública, nos municípios, pois é mais uma opção de tratamento para crianças com necessidades especiais e também de divulgar esse trabalho para os pais que querem ver seus filhos se desenvolverem”, salientou Ana Paula Cameli.

“Estou encantada com esta prática, ainda mais por saber que é desejo do governador Gladson e meu fazer trabalhos como este, para crianças com necessidades especiais, principalmente crianças autistas”, completou a primeira-dama do Estado.

É através do movimento tridimensional do cavalo que o praticante desenvolve o equilíbrio, a coordenação motora, o tônus muscular, a superação de limites físicos e psicológicos.

Primeira-dama, Ana Paula Cameli, secretária de Estado, Claire Cameli e equipe técnica do Rancho 2 Baias.

“Conheço o trabalho de equoterapia e sei que esse trabalho é importante. Tenho um filho autista e foi através desse método terapêutico que ele começou a ter contato visual com as pessoas, pois o animal o atraiu e fico feliz de ver a primeira-dama conhecendo este trabalho, pois ela é muito sensível as causas das crianças e sei que em breve poderemos fortalecer trabalhos como estes em todos os municípios para as nossas crianças com necessidades especiais”, destacou Claire Cameli.

O cavalo é a ligação entre o praticante e o terapeuta melhorando a sua autoconfiança, autoestima, autonomia e independência.

A palavra Equoterapia foi criada pela ANDE-BRASIL, para caracterizar todas as práticas que utilizem o cavalo com técnicas de equitação e atividades equestres Foto: Marcos Vicentti.

O estande oferece também demonstrações de esportes equestres, como por exemplo, a prova de tambor e de laço.

A palavra Equoterapia foi criada pela ANDE-BRASIL, para caracterizar todas as práticas que utilizem o cavalo com técnicas de equitação e atividades equestres, objetivando a reabilitação e a educação de pessoas com deficiência ou com necessidades especiais.

 

Mais notícias