https://i2.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/08/WhatsApp-Image-2019-08-13-at-14.48.40-3.jpeg?resize=1200%2C400&ssl=1
Geral

Estado participa do Seminário Nacional de Juventude em Brasília

Luana Lima
13.08.2019 16:48
Atualizado 13.08.2019 às 16:52

O Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres (SEASDHM), participou nos dias 12 e 13, no Auditório José Alencar, na Esplanada dos Ministérios, do Seminário Nacional de Jovens Líderes, promovido pela Secretaria Nacional de Juventude (SNJ) e Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) em Brasília.

Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos do Brasil, Damares Alves, participa do Seminário Jovens Líderes. Foto: Cedida

A programação envolveu nos dois dias dez palestras com temas diversos como: Fake News; Smart cities; Empreendedorismo; SNJ e programas do governo para jovens; Juventude em metamorfose; Comunicação institucional e redes sociais; O futuro da relação trabalho/educação; Diário de classe; Novos e velhos desafios do Marketing Político; e Construindo o sucesso.

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos do Brasil, Damares Alves, disse que tem um carinho especial pela SNJ (Secretaria Nacional de Juventude) e pela juventude brasileira. “Sinto que ainda falta muitas políticas públicas para a nossa juventude, teremos que esquecer nossas ideologias contrárias, as diferenças religiosas e outros assuntos, para trabalharmos em conjunto pelos jovens do Brasil”, ressaltou a ministra.

Secretária Nacional da Juventude, Jayana Nicaretta e o chefe do Departamento de Direitos Humanos da SEASDHM, João Paulo Bittar, no Seminário Nacional de Jovens Líderes Foto: Cedida.

O chefe do Departamento de Direitos Humanos, João Paulo Bittar, representou a SEASDHM no seminário e disse estar contente em ver o compromisso do governo federal com a gestão para a juventude do nosso país.

“Fazia muitos anos que o Acre não tinha representatividade a nível nacional neste segmento. Com muito trabalho e parceria temos conduzido os trabalhos, no que tange as relações entre os entes federados. Precisamos criar maneiras para combater a violência que assola nossa juventude no Acre”, afirmou João Paulo Bittar.

O chefe do Departamento de Direitos Humanos disse que o governador Gladson Cameli está ciente dos problemas e trabalha para solucionar este e outros problemas, através de cursos profissionalizantes e melhorias econômicas aumentando assim a demanda para empregabilidade.

O evento conta com painéis temáticos voltados para políticas públicas para a juventude, além de homenagens no decorrer da programação. “É uma honra poder resgatar essa data e promover esse evento histórico. Minha principal agenda dessa gestão é trabalhar em cima da capacitação e empregabilidade para os nossos jovens”, destacou a secretária Nacional de Juventude, Jayana Nicaretta.

O Dia Internacional da Juventude foi comemorado nesta última segunda-feira, 12, e marca a valorização do jovem. No Brasil, a Proposta de Emenda à Constituição 42/08 (PEC da Juventude) estabeleceu que todo indivíduo entre os 15 e 29 anos é considerado jovem.

Mais notícias