Oficina de Palhaçaria 16 a 18 de julho · 19h às 22h Sesc Centro
Evento CulturalOficina

Oficina de Palhaçaria

20.06.2018 15:31

Estão abertas as inscrições para a “Oficina de Palhaçaria: O Corpo Cômico e Jogos de Dupla e Trio”, que acontecerá em Rio Branco entre os dias 16 e 18 de julho. Limitada a 25 vagas, a oficina será ministrada das 19h às 22h, no Serviço Social do Comércio (Sesc) do Centro. A atividade é parte do projeto de circulação pelo Acre do espetáculo teatral “O Dia da Caça”, da dupla de palhaças Las Cabaças.

As inscrições são gratuitas e as fichas devem ser solicitadas pelo e-mail bifiquinan@gmail.com ou pela página no Facebook Las Cabaças. O formulário deve ser preenchido e enviado para o mesmo endereço até o dia 11 de julho. A ação é voltada a estudantes ou profissionais de teatro, dança, circo, música, boneco ou performance. O resultado da seleção será divulgado no dia 13 e os aprovados têm até o dia seguinte para confirmarem participação.

“Queremos propor na oficina um estudo sobre a linguagem do palhaço e introdução ao jogo de dupla de palhaços, apresentando conteúdos e conceitos da palhaçaria clássica através de exercícios físicos, jogos teatrais em dupla e trio”, explicou Marina Quinan, uma das artistas e oficineiras da dupla Las Cabaças.

Após a Oficina de Palhaçaria, elas apresentam gratuitamente a peça “O Dia da Caça” em três cidades acreanas. A primeira delas é Rio Branco, que receberá o teatro de rua no dia 20 de julho (sexta-feira), às 19h, na Praça da Revolução, no Centro. Depois, as atrizes pegam a estrada rumo a Xapuri para, no dia 22 (domingo), às 18h, encenarem a peça na Praça de Eventos, também no Centro. Por fim, a dupla leva, no dia 27 (sexta), o espetáculo para Cruzeiro do Sul. A apresentação acontece às 18h, na praça central de Cruzeiro do Sul.

Encenada pelas atrizes Juliana Balsalobre e Marina Quinan, que interpretam, respectivamente, as palhaças Bifi e Quinan, “O Dia da Caça” emprega elementos da palhaçaria clássica e tem como tema uma típica caçada noturna na floresta. O uso de vocabulários da região amazônica e objetos cênicos típicos, como boroca, canoa, terçado, arco e flecha, aliado a situações típicas do universo ribeirinho, trazem ao espetáculo um contexto totalmente regional.

A dupla Las Cabaças vem da região do Baixo Amazonas e faz intervenções em espaços públicos e no cotidiano de comunidades do interior do país, visando a troca humana e cultural a fim de transformar as experiências em roteiros teatrais por meio da linguagem da palhaçaria. Desde 2006 as artistas realizam pesquisa prática na Amazônia, com visitas a comunidades ribeirinhas, indígenas e quilombolas e apresentações e intervenções artísticas valendo-se do modo de vida, palavras, gestos e histórias que aprenderam com as populações desses locais.

Toda a programação é promovida pela Nascedouro Gestão Cultural, Namazônia e Las Cabaças, por meio do Edital Petrobras Distribuidora de Cultura 2018/2019, através da Lei Rouanet do Ministério da Cultura (MinC).

Agenda Cultural

Música
Show – O Samba é meu 26 de abril · as 19h Restaurante O Paço
Destaque
I Encontro Científico ABRAF 10 de maio · Rio Branco
Destaque
Show: Desde que o Samba é S 29 demarcou-se · 19hs O Paço Restaurante
Destaque
A comissão da Mulher Advoga 26 de março · 18h OAB-AC