https://i1.wp.com/www.agencia.ac.gov.br/wp-content/uploads/2019/09/LRM_EXPORT_6765076326736_20190831_213902893.jpeg?resize=1200%2C400&ssl=1
Geral

Expoacre Juruá é vitrine para produtos e marcas cruzeirenses

Cleide Elizabeth
01.09.2019 11:26
Atualizado 03.09.2019 às 15:38

Em sua 16ª Edição, a Expoacre Juruá continua sendo grande vitrine para os produtos e marcas da região. Farinha, café, biscoito de goma e refrigerante são alguns dos destaques.
Nacionalmente conhecida pela qualidade e sabor diferenciado, a farinha de Cruzeiro do Sul continua conquistando o paladar dos acreanos e visitantes de outros estados. Entre as marcas encontradas no evento, a Farinha Náuas guarda uma história de amor ao esporte.

Empresa comercializa mensalmente cerca de 10 toneladas de farinha por mês Foto: Neto Lucena

Tudo começou no ano de 2014, quando um empreendedor da região, Zacarias Lopes, decidiu investir para recuperar a auto-estima de um clube da região, o Náuas Futebol Clube. “ “Por sugestão de um empresário da capital, meu pai decidiu comercializar o produto como forma de elevar o ânimo dos jogadores e agregar valor ao produto da região e ao time de futebol, explica Carisson Ibernon, um dos membros da família proprietária da empresa que processa e comercializa a Farinha Nauas.
A estratégia funcionou depois de passar por uma fase decadente, rebaixamentos, e três anos na segunda divisão, o Náuas voltou a se reerguer em 2019.
Além de absorver a produção local, a iniciativa gera emprego e renda para mais de 40 famílias e leva o produto cruzeirense à capital.
A empresa comercializa mensalmente cerca de 10 toneladas de farinha por mês. A venda começou pela capital. A Expoacre Juruá foi a estratégia escolhida para alavancar as vendas em Cruzeiro. O objetivo é conquistar outros estados da região norte e também outras regiões do país. De acordo com os empreendedores, o investimento está valendo a pena.

Biscoitos Vó Didi

Igualmente tradicionais, os biscoitos de goma de Cruzeiro do Sul também não podiam faltar feira de negócios da região. Apresentados pela Cooperbiscoitos, os biscoitos ‘Vó Didi’ começaram a ser produzidos há mais de três décadas. O negócio iniciou com a necessidade de dona Didi para sustentar a família. A receita passou para filhos e netos até que a iniciativa virou uma cooperativa. Com o passar do tempo, a cooperativa foi desfeita e o negócio interrompido.

Fábrica conta com o apoio do Governo do Estado e produz 150 Kg de biscoitos por dia Foto: Neto Lucena

Há dois meses, com apoio do governo, por meio da Secretaria de Estado Indústria, Ciência, Tecnologia (SEICT), a cooperativa foi reativada. Hoje, a fábrica de biscoitos produz 150 Kg por dia.
Além do mercado local, o produto já é comercializado em Porto Velho, Maceió, Belém, São Paulo e já há contato para vendas em Minas Gerais. “ A ideia é continuar expandindo”, revela Darisson Moura, um dos empreendeores da Cooperbiscoitos.
Para os empreendedores, a Expoacre Juruá foi estratégia para apresentar os novos produtos. “Além dos biscoitinhos de goma tradicionais, biscoito com sabores, os visitantes da feira têm oportunidade de degustar os novos biscoitos veganos, com açúcar mascavo e biscoitos sem lactose, informa” Darisson, garantindo que as receitas são guardadas a sete chaves e não reveladas de jeito nenhum.

Selo de pureza

Para os empresários do Café Náuas, a Expoacre Juruá tem sabor de comemoração. Indústria pioneira no ramo de café no Vale do Juruá, o Café Nauas chega a Expoacre comemorando 50 anos de mercado com a conquista do selo de pureza ABIC e lançamento de novos produtos.
Este ano, a empresa entra no mercado com a embalagem à vácuo para atender municípios mais distantes. Na linha de clássico, a marca entra com filtros de papel de tamanho 103 para as famílias que não deixam e apreciar o café filtrado. Pensando na inovação e buscando atender um público que busca a degustação de um café diferenciado, o Náuas chega com o colonial.

Café Nauas chega a Expoacre Juruá comemorando 50 anos de mercado com a conquista do selo de pureza ABIC e lançamento de novos produtos Foto: Neto Lucena

Na linha premmium, lançada na Expoacre Juruá, a marca trabalha com grãos selecionados ‘arábica’ e torra média que proporcionam, ao final do paladar, notas de caramelo.
Para quem pretende uma experiência mais individual e não tem máquina de café, a nova linha de produtos Náuas traz a tecnologia ‘drip coffee’, café filtrado individual que vem em sachê.
“O Café virou um vinho, as pessoas passaram a apreciar esse tipo de degustação, a fim de atender esse público a gente está trazendo essa linha”, explica Patrícia Parente, diretora de marketing do café Náuas.
Outra novidade é a comercialização dos produtos na Expoacre Juruá. “A gente sempre utiliza a feira para trabalhar a imagem da marca. Este ano a gente inovou, no primeiro dia de feira já lançamos os produtos, e no mesmo dia já vendemos os novos produtos para supermercado de municípios próximos e também de visitantes que levam nossos produtos para sua cidade, revela Patrícia, informando que o resultado da participação na feira já supera a expectativa.

Cruzeirense

Também presente na Expoacre Juruá, o Guaraná Cruzeirense é pioneiro na região. Com mais de 40 anos no mercado, o fabricante é uma empresa que cresce a cada dia. O produto pode ser encontrado em todos os municípios do Acre.
A qualidade e a comunicação do produto no mercado são diferenciais. “Prezamos muito pela qualidade e a forma como apresentamos no mercado, além do preço competitivo, que são alguns diferenciais”, destaca o supervisor da marca, Antonio Eder.

Produto já é comercializado em todos os municípios do Acre Foto: Neto Lucena

Além de refrigerantes a emprea produz a ‘Hydra Lemon’, primeira bebida gaseificada zero açúcar produzida no Acre. Em outubro será lançada a água mineral Minerale.
Para os administradores do Guaraná Cruzeirense, a Expoacre Juruá é uma boa oportunidade para trabalhar a imagem da marca e também comercializar os produtos. “Como temos nossa indústria aqui próximo atendemos praticamente 100% dos nossos clientes que estão vendendo dentro da feira, informa Eder.

Mais notícias